Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.867,62
    +338,65 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,06
    -1,61 (-2,57%)
     
  • OURO

    1.794,90
    +16,50 (+0,93%)
     
  • BTC-USD

    54.859,10
    -1.819,23 (-3,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.264,44
    +1,48 (+0,12%)
     
  • S&P500

    4.173,42
    +38,48 (+0,93%)
     
  • DOW JONES

    34.137,31
    +316,01 (+0,93%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.898,25
    +104,00 (+0,75%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7022
    -0,0003 (-0,00%)
     

JBS diz que tem caixa suficiente para aquisições e dividendos

Fabiana Batista
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A JBS superou as estimativas de lucro com fluxo de caixa recorde no ano passado, o que anima a produtora de carne a propor pagamentos de dividendos sem precedentes e se expandir com mais aquisições.

“Ainda temos espaço para crescer mais por meio de aquisições e organicamente”, disse em entrevista Guilherme Cavalcanti, diretor financeiro da JBS. “Nosso foco continua sendo a expansão em alimentos processados nas regiões onde já temos produção”, afirmou.

A JBS já investiu cerca de R$ 2 bilhões em aquisições no ano passado, que incluíram a compra dos ativos de margarina da Bunge no Brasil. A empresa também teve caixa suficiente para recomprar ações e reduzir a dívida líquida em 17% em dólares, disse Cavalcanti. A perspectiva de mais aquisições também é apoiada pela baixa alavancagem, que atingiu mínima histórica, segundo o executivo.

Na assembleia de 28 de abril, a JBS vai propor pagamento de dividendos de R$ 2,5 bilhões, um aumento de 74% em relação a 2020. O Ebitda ajustado somou R$ 7 bilhões, superando a média de R$ 6,73 bilhões estimada por analistas acompanhados pela Bloomberg.

Ainda assim, a pandemia tem reduzido as margens. No quarto trimestre, as margens das unidades de carne bovina e de aves no Brasil caíram em comparação com os três meses anteriores, mas o negócio de aves ainda apresenta desempenho melhor do que há um ano.

A JBS USA, que inclui operações nos EUA, Canadá, Austrália, México e Europa, também registrou margens mais baixas no trimestre.

Mas o pacote de estímulo econômico do governo Biden e a rápida vacinação criaram um cenário favorável, segundo Cavalcanti. “Algumas regiões serão mais desafiadoras em 2021, como Brasil e Austrália, enquanto vemos uma perspectiva melhor na América do Norte e Europa”, disse.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.