Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,11
    +0,54 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.824,10
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    20.841,93
    -289,06 (-1,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,80
    -6,00 (-1,30%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.070,25
    +29,75 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5281
    -0,0243 (-0,44%)
     

Japão se aproxima de intervir no iene após rara declaração conjunta do governo e do BC

Notas de won da Coreia do Sul, iuan da China e iene do Japão

Por Tetsushi Kajimoto e Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - O governo e o banco central do Japão disseram nesta sexta-feira que estão preocupados com as recentes quedas fortes do iene em uma rara declaração conjunta, o mais forte alerta até hoje de que Tóquio pode intervir para sustentar a moeda conforme ela despenca para mínimas de 20 anos.

A declaração ressalta a crescente preocupação das autoridades com os danos que a forte depreciação do iene poderia prejudicar a frágil economia japonesa, ao afetar a atividade comercial e os consumidores.

Mas muitos agentes do mercado duvidam que o Japão, membro do G7, venha a intervir em breve para elevar diretamente o iene, uma ação potencialmente custosa que ocorreu pela última vez há 20 anos.

Após uma reunião com seu homólogo do Banco do Japão, o principal diplomata cambial do país, Masato Kanda, disse a repórteres que Tóquio "responderá de forma flexível com todas as opções disponíveis".

Ele se recusou a dizer se Tóquio poderia negociar com outros países para entrar no mercado em conjunto.

O G7, do qual o Japão é membro, tem uma política antiga de que os mercados devem determinar as taxas de câmbio, mas que o grupo coordenará estreitamente os movimentos cambiais, e que os movimentos excessivos e desordenados das taxas de câmbio podem prejudicar o crescimento.

"Temos visto quedas acentuadas do iene e estamos preocupados com os movimentos recentes do mercado cambial", disse o Ministério das Finanças, o Banco do Japão e a Agência de Serviços Financeiros na declaração conjunta divulgada após a reunião de suas autoridades.

"Nós nos comunicaremos com as autoridades cambiais de cada país e responderemos adequadamente conforme necessário", com base nos princípios do G7, disse a declaração.

As autoridades das três instituições se reúnem ocasionalmente, geralmente para sinalizar aos mercados seu alarme com movimentos bruscos. Mas é raro que eles emitam uma declaração conjunta com avisos explícitos sobre as movimentações cambiais.

O iene subiu brevemente para 133,37 por dólar após a declaração, alta de 0,7%, antes de se acomodar em 133,67.

(Reportagem adicional de Kantaro Komiya e Daniel Leussink)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos