Japão reduz impostos para estimular gastos de empresas

O governo do Japão anunciou nesta quinta-feira que planeja uma reforma tributária que visa atrair os investidores ao mercado e motivar as empresas a gastarem mais. Além disso, a proposta aumentará alíquotas de impostos para os mais ricos. O novo esquema de impostos complementa o pacote de estímulos econômicos anunciado pelo novo governo este mês para incentivar empresas a realizarem investimentos domésticos e ampliarem suas operações.

Por ser o país com a maior dívida entre os países industrializados, o Japão não tem espaço para ser generoso com cortes de impostos, apesar da meta explícita do governo de tirar o país de duas décadas de estagnação econômica.

"Um dos principais objetivos do novo esquema de impostos é apoiar as medidas de estímulo econômico, disse Takeshi Noda, autoridade do Partido Liberal Democrático (LDP), acrescentando que os cortes totalizarão 270 bilhões de ienes.

De acordo com a proposta, as empresas que investirem mais do que no ano anterior terão redução de impostos no valor de 3% do total de seus gastos. As informações são da Dow Jones.

Carregando...