Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.837,18
    -467,61 (-1,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Japão quer lançar robô esférico e transformável para explorar a Lua

·2 minuto de leitura

Nesta quinta-feira (27), a agência espacial japonesa JAXA anunciou que planeja lançar um pequeno robô esférico para explorar a superfície da Lua e coletar dados do nosso satélite natural. Para levá-lo até lá em 2022, a JAXA fechou um contrato com a empresa ispace, que a torna responsável pelos serviços de entrega da carga útil, operação e coleta de dados. Assim, por meio do acordo, o robô será transportado com o lander HAKUTO-R.

O robô ainda está em desenvolvimento e ainda não há muitos detalhes sobre ele, mas a JAXA já adiantou algumas informações: segundo a agência espacial, a ideia é que seja uma esfera com diâmetro de 80 mm, que se abre para rolar pela superfície lunar com o apoio de duas rodas. “O robô lunar transformável será ultra compacto e ultraleve, capaz de se mover pelo ambiente lunar”, explicam em um comunicado. Como ele é transformável, as diferentes formas que assume permitem reduzir o volume na viagem.

À esquerda, representação de como o robô ficaria antes da transformação; à direita, depois (Imagem: Reprodução/JAXA)
À esquerda, representação de como o robô ficaria antes da transformação; à direita, depois (Imagem: Reprodução/JAXA)

A JAXA ressaltou ainda que o "o robô transformável será ultra compacto e ultraleve" e pode explorar o ambiente lunar. Então, enquanto segue pela superfície da Lua, o robô poderá coletar imagens do comportamento do regolito que cobre nosso satélite natural, além de fazer registros da superfície lunar. Este material, junto de imagens produzidas pelo lander, serão transmitidos para o centro de controle da missão por meio do lander.

Já os representantes da ispace descreveram o robô como um "rover de pequena escala e com duas rodas", e a empresa disse que irá cuidar da comunicação e operações durante a exploração da superfície lunar. Como o robô será transportado pelo lander lunar HAKUTO-R, a ispace espera que os dados obtidos ajudem a aprimorar o algoritmo de localização e impacto do regolito na performance do rover Lunar Cruiser, desenvolvido pela JAXA em parceria com a Toyota. Trata-se de um grande veículo espacial pressurizado, que poderá ser tripulado por astronautas para se deslocarem pela superfície lunar no fim da década.

Vale lembrar que, no mês passado, a ispace anunciou que levará o rover Rashid, dos Emirados Árabes, para a Lua em 2022. Então, o lançamento do robô esférico transformável poderá ser o segundo transportado nesta que será a missão inaugural da empresa — e, se tudo correr bem, o Japão e os Emirados Árabes poderão se juntar a uma breve lista de países que conseguiram levar suas missões à superfície da Lua, que por enquanto conta com a antiga União Soviética, Estados Unidos e China.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos