Japão: governo e BoJ não fecham acordo sobre inflação

O ministro da Economia do Japão, Akira Amari, disse hoje que não houve acordo sobre uma declaração conjunta do governo e do Banco do Japão (BoJ) sobre como definir uma meta de inflação de 2%. "Não houve acordo", afirmou o ministro, após reunião com o presidente do BoJ, Masaaki Shirakawa.

No entanto, Amari sugeriu que as negociações com o BoJ estão ficando mais perto do que o governo quer. "As coisas estão indo em uma boa direção", afirmou Amari. "Acho que vamos ser capazes de anunciar alguma coisa após a reunião do BoJ na próxima semana." O banco central japonês fará sua reunião do conselho monetário nos dias 21 e 22.

Já o ministro das Finanças, Taro Aso, que também participou da reunião, disse que um novo acordo entre o governo e o BoJ vai provar que ambos enfrentam juntos o desafio de derrotar a deflação. "A coisa mais importante é estreitar a cooperação entre o governo e o BoJ e evitar recriminações mútuas se não conseguirmos atingir a inflação de 2%", afirmou Aso. As informações são da Dow Jones.

Carregando...