Janja não disse que “compra em libra” enquanto Michelle “fala em Libras”; frase é de perfil satírico

A primeira-dama Rosângela Lula da Silva, conhecida como Janja, não afirmou que “compra em libra” enquanto Michelle Bolsonaro, que ocupava essa função durante o mandato do marido Jair Bolsonaro (2018-2022), “fala em Libras”, como alegam publicações visualizadas mais de duas mil vezes nas redes sociais desde 8 de maio de 2023. A frase viralizada foi publicada originalmente em um perfil satírico e, além disso, não há registro de falas de Janja com esse teor.

“Janja diz que ‘enquanto Michelle Bolsonaro fala em libras, ela faz compra em libra’”, alegam publicações no Facebook, no Twitter e no TikTok. A frase é vista junto a alguns vídeos que compartilham a alegação.

<span>Captura de tela feita em 15 de maio de 2023 de uma publicação no TikTok</span>
Captura de tela feita em 15 de maio de 2023 de uma publicação no TikTok

O conteúdo circula após a viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) junto com sua esposa à Inglaterra, em 5 de maio de 2023, para a coroação do rei Charles III e cuja moeda é a libra esterlina.

As publicações virais sugerem que Janja teria feito menção às compras com essa moeda e ironizado a ex-primeira dama Michelle Bolsonaro, que fala em Libras, sigla utilizada para Língua Brasileira de Sinais – modalidade gestual-visual onde é possível se comunicar através de gestos, expressões faciais e corporais e utilizada na comunicação com pessoas surdas.

A linguagem é reconhecida como meio legal de comunicação e expressão desde 24 de abril de 2002 por meio da Lei nº 10.436.

No entanto, a frase viral atribuída a Janja foi publicada pelo perfil Falha de S.Paulo no Twitter – perfil satírico do jornal Folha de S.Paulo. A conta se descreve como “um jornal a serviço dos memes” e pede que os seguidores não levem a sério o que é publicado por eles, já que se trata de uma paródia.

Não há registro nos perfis de Janja nas redes sociais, ou em veículos de comunicação, de que a primeira-dama tenha dado declarações com este teor. A sua assessoria de imprensa, por sua vez, afirmou que “não há registro algum, pois Janja nunca fez comentário sequer semelhante a este”.

Esse texto faz parte do Projeto Comprova. Participaram jornalistas do Estadão Verifica e A Gazeta. O material foi adaptado pelo AFP Checamos.

Referências