Mercado abrirá em 5 h 17 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,21
    +3,06 (+4,49%)
     
  • OURO

    1.797,10
    +9,00 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    57.440,81
    +3.064,53 (+5,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.432,29
    -23,12 (-1,59%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    23.804,73
    -275,79 (-1,15%)
     
  • NIKKEI

    28.283,92
    -467,70 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.221,00
    +170,00 (+1,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3004
    -0,0481 (-0,76%)
     

James Webb | Lançamento do telescópio é adiado mais uma vez; veja nova data

·2 min de leitura

Parece que o telescópio espacial James Webb precisará esperar ainda mais para, finalmente, ser lançado e iniciar suas operações. Em um comunicado publicado na noite de segunda-feira (22), oficiais da NASA revelaram um incidente com o telescópio, o que exige análises e, então, fica inviável lançá-lo no dia 18 de dezembro, como estava previsto. Agora, o lançamento não deve acontecer antes do dia 22 de dezembro.

O que aconteceu foi o seguinte: os técnicos estavam trabalhando nas instalações na Guiana Francesa, onde se preparavam para acoplar o telescópio ao adaptador do foguete Ariane V, componente que integra o observatório ao estágio superior do veículo. Contudo, uma das garras que prende o telescópio ao componente se soltou subitamente, causando uma vibração que percorreu todo o observatório espacial.

Após o incidente, um conselho de análise de anomalias, liderado pela agência espacial norte-americana, foi convocado para investigar o ocorrido, saindo dali a decisão de conduzir alguns testes adicionais para se ter certeza de que não houve danos em nenhum componente do Webb. “A NASA e seus parceiros de missão fornecerão uma atualização quando o teste for concluído no fim desta semana”, explicaram. A NASA ressaltou também que os preparativos para o lançamento vêm ocorrendo sob responsabilidade da Arianespace, a operadora do foguete.

Apesar de ter ocorrido a menos de um mês antes da data inicial para o lançamento, esta não é a primeira vez que algum imprevisto ocorre e adia o cronograma do telescópio. O James Webb é considerado a ferramenta de observação mais poderosa a ser operada no espaço, e seu desenvolvimento teve início em 1996. Ele seria lançado em 2007, mas uma série de atrasos fez com que o lançamento acabasse programado para o fim de 2021. Já em outubro deste ano, o telescópio fez uma viagem marítima com destino a Kourou, na Guiana Francesa, onde será lançado.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos