Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,33
    +0,25 (+0,34%)
     
  • OURO

    1.775,10
    -8,30 (-0,47%)
     
  • BTC-USD

    34.901,32
    +1.424,79 (+4,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    839,18
    +52,56 (+6,68%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    28.882,46
    +65,39 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.359,00
    +96,00 (+0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8632
    -0,0653 (-1,10%)
     

James Newman representará britânicos no Eurovision Song Contest após anos compondo para outros

·1 minuto de leitura
Vista da Ahoy arena em Roterdã que sediará Eurovision Song Contest

Por Sarah Mills

LONDRES (Reuters) - Depois de passar anos compondo para nomes como o DJ Calvin Harris e a banda Rudimental, James Newman finalmente se apresentará em um palco como nenhum outro: o concurso Eurovision Song Contest.

O cantor e compositor de 35 anos representará o Reino Unido na competição da semana que vem, que será realizada na cidade portuária holandesa de Roterdã.

Newman, cujo irmão é o cantor John Newman, apresentará "Embers", canção que compôs antes da pandemia de Covid-19, mas que espera que dará ânimo às pessoas depois de um ano difícil.

"Eu queria fazer algo que parecesse uma festa, que fosse divertido, e algo que fizesse as pessoas sentirem que estão voltando de uma época realmente péssima", disse ele à Reuters.

"Estou compondo canções para outras pessoas já faz uns sete anos. Mas sempre tem essa coisa dentro de mim que quer subir no palco e fazer aquilo por mim mesmo."

Newman deveria ter participado do concurso do ano passado, que foi cancelado devido à pandemia – e ele mesmo pegou o vírus.

Conhecido pela música pop cafona e pelos trajes extravagantes, o Eurovision Song Contest anual costuma atrair uma audiência televisiva de cerca de 200 milhões de pessoas.

O cantor e compositor holandês Duncan Laurence venceu a competição de 2019, e por isso a 65ª edição acontece na Holanda, com participantes de 39 países.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos