Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.690,17
    +1.506,22 (+1,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.004,19
    -373,28 (-0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,01
    +0,18 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.690,20
    -10,50 (-0,62%)
     
  • BTC-USD

    47.008,71
    -3.935,18 (-7,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    941,93
    -45,28 (-4,59%)
     
  • S&P500

    3.768,47
    -51,25 (-1,34%)
     
  • DOW JONES

    30.924,14
    -345,95 (-1,11%)
     
  • FTSE

    6.650,88
    -24,59 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.674,64
    -255,47 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    12.378,50
    -76,50 (-0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7821
    -0,0038 (-0,06%)
     

Covid-19: Presidente da Anvisa convida Bolsonaro a tomar vacina e presidente recusa

·2 minuto de leitura
Foto: AP Photo/Eraldo Peres
Foto: AP Photo/Eraldo Peres

***Por Daniel Carvalho, da Folhapress

Ao participar da edição desta quinta-feira (4) da live semanal de Jair Bolsonaro (sem partido), o diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres, disse que, assim que chegar sua vez, tomará a vacina contra a Covid-19. Em seguida, convidou o presidente a fazer o mesmo, mas Bolsonaro recusou.

Divergindo do presidente e da maioria dos ministros e auxiliares que participaram das últimas edições do programa do presidente, Barra Torres, que é médico, usou máscara de proteção durante toda a transmissão.

Leia também:

Quando a live já estava terminando, o diretor-presidente da Anvisa pediu a palavra e disse que todo o comando da agência confia nos imunizantes aprovados. Barra Torres afirmou que vem sendo questionado sobre quando tomará uma das vacinas que passaram pelo crivo da Anvisa.

Ele explicou que, apesar de ser médico, não está na linha de frente e que aguardará sua vez.

"Mas, com certeza, quando houver essa possibilidade do uso amplo do registro, eu estarei lá numa fila num posto de saúde para tomar a vacina", afirmou.

"Você vai se vacinar?", indagou Bolsonaro, que tem recorrente discurso antivacina.

"Eu vou, claro", reagiu o diretor-presidente da Anvisa.

"Eu vou te acompanhar, vou ver você ser vacinado", respondeu o presidente.

"Já é um início", disse Barra Torres.

"Vou ser testemunha", afirmou Bolsonaro.

"Muito bom, muito bom, presidente", reagiu o chefe da Anvisa.

Barra Torres disse que tomará qualquer uma das vacinas aprovadas pelo órgão regulador.

"Foi certificada pela Anvisa? Foi. Então, não interessa qual é. A que tiver no posto, eu estarei lá. E agora o presidente disse que vai me acompanhar."

Em tom de brincadeira, Bolsonaro pergunta se pode ele mesmo vacinar o presidente da Anvisa.

"Vai ter uma moeda de troca. Quero saber se o senhor está disposto", disse Barra Torres, ouvindo como resposta uma gargalhada do presidente.

"Sem contrapartida aí", disse Jair Bolsonaro.