Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.750,22
    +1.458,62 (+1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.646,03
    -288,18 (-0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,09
    +0,45 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.842,00
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    19.091,50
    +43,21 (+0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    365,19
    -14,05 (-3,71%)
     
  • S&P500

    3.699,12
    +32,40 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.218,26
    +248,74 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.550,23
    +59,96 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,25
    +47,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2497
    +0,0137 (+0,22%)
     

Em sua terceira aglomeração em dois dias, Bolsonaro volta a exibir cloroquina a apoiadores

·2 minuto de leitura
Bolsonaro exibe caixa de cloroquina a apoiadores gaúchos - Foto: Reprodução/Twitter
Bolsonaro exibe caixa de cloroquina a apoiadores gaúchos - Foto: Reprodução/Twitter

Depois de protagonizar aglomerações em Piauí e Bahia, Jair Bolsonaro (sem partido) esteve novamente em uma pequena multidão ao cumprir agenda em Bagé, no Rio Grande do Sul, nesta sexta-feira (31). O presidente novamente as recomendações sanitárias para frear o avanço da pandemia do novo coronavírus e ainda voltou a erguer a caixa de um medicamento sem comprovação científica contra a Covid-19.

O presidente retomou a agenda de viagens depois de vencer a Covid-19. Ainda assim, nesta quinta-feira (30), Bolsonaro afirmou que está tomando antibióticos para uma infecção no pulmão, que ele chamou de “mofo no pulmão".

Leia também

Diferentemente das cenas que protagonizou na Bahia, no Rio Grande do Sul o presidente usou máscara por todo o tempo. Bolsonaro foi participar da inauguração de uma escola cívico-militar, onde novamente houve aglomeração e desrespeito aos protocolos de saúde.

Na frente da escola, apoiadores chegaram a entoar o hino nacional enquanto esperavam pela saída do presidente.

Ao som de “mito", Bolsonaro repetiu o gesto de levantar a caixa da cloroquina, fato que já havia realizado perante a apoiadores em Brasília. Estudos científicos renomados indicam fortes evidências de que o remédio não possui efeito algum no combate ao novo coronavírus.

Ainda assim, apesar das críticas, o presidente tem sido um dos grandes propagandistas do remédio no mundo. Ele alega ter utilizado a cloroquina durante o seu tratamento contra a Covid-19.

Além de mostrar o remédio a apoiadores, recentemente Bolsonaro chamou a atenção ao mostrar a caixa de cloroquina para as emas que vivem no gramado do Palácio da Alvorada, onde o presidente cumpriu o período de isolamento necessário para os infectados com Covid-19.

Ainda enquanto se recuperava da covid-19, ele chegou a ser flagrado mostrando o remédio para uma ema no Palácio da Alvorada.