Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    48.471,26
    -926,80 (-1,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Jailson, do Paraná, avalia empate contra o Londrina, sonha com final do estadual e diz: 'Não tem jogo fácil'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Depois de 31 dias, o Paraná voltou a campo no último domingo no empate contra o Londrina por a 1 a 1, na Vila Capanema, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Paranaense. O lateral-direito Jailson avaliou o confronto e comemorou o ponto conquistado, principalmente após a equipe ter o goleiro Renan expulso ainda no primeiro tempo.

> Raúl Bobadilla é registrado no BID e pode reforçar Fluminense diante do River

- O retorno da competição foi muito importante para o grupo. A gente ficou um mês sem nenhum jogo. Foram 15 dias com treinos on-line e depois mais 15 de forma presencial. O grupo assimilou bem o que foi passado durante a pausa devido a pandemia. Treinamos forte focado no retorno do campeonato. A gente sabia que iria encontrar um adversário difícil, mas conseguimos fazer um bom jogo e somar um ponto, que é importante nessa competição tão difícil.

A parada do campeonato foi importante para Jailson, que aproveitou e se recuperou de uma lesão na coxa esquerda. O jogador ficou, inclusive, de fora da partida contra o Toledo no dia 17 de março.

- Por outro lado a parada acabou me ajudando na minha recuperação e ficando apto para o jogo contra o Londrina. Foi um jogo muito importante e fico feliz por ajudar o grupo e poder contribuir dando sempre o meu melhor. Me senti muito bem e 100% recuperado da lesão.

Nesta quarta-feira, o Paraná enfrenta o Maringá também em casa. Com dois jogos a menos na competição em relação ao líder FC Cascavel, por exemplo, Jailson projeta que o Tricolor da Vila vai buscar chegar forte para brigar por uma vaga na decisão.

- Um jogo em casa, onde nós temos que fazer valer o mando de campo. Sabemos que o Maringá é uma grande equipe. É mais um jogo difícil. Nesta competição não tem jogo fácil. Temos que impor o nosso ritmo por estar jogando em casa e temos que fazer valer o fator casa. Com o retorno da competição é jogo atrás de jogo, dois por semana, e temos que somar o máximo de pontos possíveis para alcançar o objetivo de chegar na final do campeonato.