Mercado fechado

Jack Dorsey, CEO do Twitter, acaba de dar unfollow em Mark Zuckerberg

Natalie Rosa

Parar de seguir alguém nas redes sociais pode não ser consequência de inimizade na vida "real", mas muitas vezes essa atitude é vista como sinal de "treta". E, quando isso acontece envolvendo pessoas públicas, o unfollow não passa despercebido, virando notícia mais cedo ou mais tarde — com um tanto de especulações ao redor.

É exatamente isso o que acaba de acontecer com Jack Dorsey, CEO do Twitter, e Mark Zuckerberg, CEO do Facebook. Nesta terça-feira (17), Dorsey deu unfollow em Zuckerberg no Twitter, e não parece se importar muito com as fofocas que possam surgir por conta disso.

Imagem: Reprodução/Loomered

Quem trouxe isso à tona foi a conta @BigTechAlert, que divulga o que grandes executivos do mundo da tecnologia fazem no Twitter. Em um de seus tweets publicados nesta terça (17), o perfil revelou que o CEO do Twitter parou de seguir o fundador do Facebook. "@jack não está mais seguindo @finkd", disse.


Contudo, não há indícios de nenhuma rixa pessoal entre os dois peso-pesado das redes sociais. Afinal, Zuckerberg não faz uma publicação em seu perfil no Twitter desde 2012, então há a chance de que Dorsey apenas deu o unfollow para "limpar" a sua conta. Mas também existe a possibilidade de tudo não passar de uma brincadeira para chamar a atenção da mídia.

Pela própria rede social, o Twitter respondeu à publicação do @BigTechAlert com um simples emoji de bode — seja lá o que isso signifique:


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: