Mercado fechará em 2 h 27 min
  • BOVESPA

    111.706,35
    +796,74 (+0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.382,56
    +208,50 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,32
    +2,12 (+2,71%)
     
  • OURO

    1.767,30
    +3,60 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    16.884,51
    +497,07 (+3,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    400,88
    +0,19 (+0,05%)
     
  • S&P500

    3.953,89
    -3,74 (-0,09%)
     
  • DOW JONES

    33.709,00
    -143,53 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.589,82
    +77,82 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    18.597,23
    +392,55 (+2,16%)
     
  • NIKKEI

    27.968,99
    -58,85 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    11.542,00
    +17,25 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4192
    -0,0374 (-0,69%)
     

J&J compra fabricante de bombas cardíacas Abiomed por US$16,6 bi antes de cisão

Por Michael Erman e Leroy Leo e Raghav Mahobe

(Reuters) - A Johnson & Johnson disse nesta terça-feira que fechou acordo para comprar a fabricante de bombas cardíacas Abiomed por 16,6 bilhões de dólares, buscando impulsionar sua unidade de dispositivos médicos após já ter anunciado a cisão do negócio de saúde do consumidor para 2023.

A J&J concordou em pagar 380 dólares por ação da Abiomed, um prêmio de 50,7% sobre o fechamento da segunda-feira. As ações da Abiomed subiram cerca de 50%, enquanto as da J&J caíram 0,5%.

Os acionistas da Abiomed também receberão direitos no valor de até 35 dólares por ação em dinheiro se certos marcos comerciais e clínicos forem alcançados.

O acordo, que deve ser concluído antes do fim do primeiro trimestre de 2023 e aumentará os lucros ajustados a partir de 2024, disse a empresa.

A J&J está focada nas operações farmacêuticas e de dispositivos médicos com a cisão do negócio de saúde do consumidor, esperado para novembro de 2023. O presidente-executivo Joaquin Duato disse que procurará criar a unidade de dispositivos médicos por meio de aquisição.

"Uma das minhas prioridades para a nova Johnson & Johnson é levar a tecnologia médica a se tornar a melhor em desempenho da classe", disse Duato, que se tornou presidente em janeiro, frisando o foco na expansão para mercados de alto crescimento.

A Abiomed, que gerou receita de 1,03 bilhão de dólares em seu ano fiscal mais recente, desenvolve tecnologia médica que fornece suporte circulatório e de oxigenação. Analistas esperam que sua receita suba para 1,5 bilhão de dólares anualmente até 2025, segundo dados da Refinitiv.

A J&J abordou a Abiomed após uma análise das necessidades não atendidas dos pacientes no setor de tecnologia médica, trabalhando internamente e com consultores antes de manifestar interesse em uma aquisição, segundo fontes a par do assunto.

A J&J não prevê nenhum problema regulatório devido às sobreposições limitadas com seus produtos cardiovasculares existentes, disseram as pessoas.

As bombas cardíacas Impella da Abiomed, as menores do mundo, são usadas nos EUA desde 2008. Os dispositivos geraram receita mundial de 985 milhões de dólares no ano fiscal de 2022.

A Abiomed será um negócio autônomo na divisão de tecnologia médica da J&J. A empresa não planeja fazer cortes significativos de empregos na Abiomed após o fechamento do acordo, observando que as sinergias esperadas do acordo seriam modestas.

O negócio de tecnologia médica da J&J inclui dispositivos cirúrgicos. A unidade gerou mais de 20 bilhões de dólares em vendas nos primeiros nove meses do ano.