Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.864,80
    -1.076,88 (-0,99%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.896,60
    -702,78 (-1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,78
    -1,36 (-1,60%)
     
  • OURO

    1.840,70
    +8,90 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    37.205,05
    +1.947,66 (+5,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    846,86
    +36,26 (+4,47%)
     
  • S&P500

    4.410,49
    +12,55 (+0,29%)
     
  • DOW JONES

    34.366,67
    +101,30 (+0,30%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    -309,09 (-1,24%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    14.463,25
    +36,75 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2194
    +0,0294 (+0,47%)
     

Ex-promessa do Vale do Silício é considerada culpada em julgamento na Califórnia

·1 min de leitura
Elizabeth Holmes (2ª E) deixa a corte, acompanhada do companheiro, Billy Evans, e dos pais, após o sétimo dia de deliberações do júri sobre seu julgamento em San José, Califórnia, 3 de janeiro de 2022 (AFP/Nick Otto)

A fundadora da empresa americana de biotecnologia Theranos, Elizabeth Holmes, foi considerada culpada de fraude nesta segunda-feira (3) em um tribunal da Califórnia, em um caso que pôs em xeque a cultura empresarial do Vale do Silício.

O júri concluiu que Holmes foi culpada de enganar investidores para que colocassem dinheiro em sua startup, com sede nessa região da Califórnia, que prometia revolucionar os exames de sangue com ferramentas mais rápidas e baratas do que as utilizadas por laboratórios tradicionais.

Os jurados, além disso, inocentaram a executiva de outras acusações e não conseguiram chegar a um acordo sobre várias das onze acusações que ela enfrentava.

Holmes, de 37 anos, pode ser sentenciada a anos de prisão, em um caso que estabelece uma linha entre a inovação tecnológica e a desonestidade criminosa.

A ex-promessa do Vale do Silício fundou a Theranos aos 19 anos. Ela garantia que a empresa revolucionaria a indústria de testes diagnósticos com máquinas que poderiam entregar resultados rápidos com apenas algumas gotas de sangue, um projeto que atraiu grandes investidores e a tornou uma bilionária aos 30 anos.

A mulher chegou a ser considerada a próxima personalidade do mundo da tecnologia, mas seu império ruiu depois que o jornal Wall Street Journal publicou que suas máquinas de diagnóstico não funcionavam como prometido.

O júri completou sete dias de deliberações nesta segunda-feira.

gc/hg/pr/dl/mvv/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos