Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.329,46
    +487,61 (+1,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Já é possível pagar pelo cafezinho com Bitcoin em El Salvador

·2 minuto de leitura
Café com Bitcoin
Café com Bitcoin

Pagar pelo café com o uso de Bitcoin é um sonho que começa a se tornar realidade em El Salvador, de acordo com o Ministério da Agricultura local, que contou a história de uma microempresária local que já aceita a criptomoeda.

No início, o Bitcoin chegou a ser considerado uma moeda sem valor, sem lastro e, apenas uma moeda da dark web. Mas os verdadeiros entusiastas sempre acreditaram no uso da tecnologia no cotidiano das pessoas, até na situação comum de se pagar por um café na rua.

A adoção do Bitcoin como moeda legal aconteceu então na última semana, quando El Salvador aprovou a lei Bitcoin. O movimento foi muito importante para uma moeda que atravessa críticas de governos que terão agora que mudar seus discursos.

Como moeda o Bitcoin tem em sua tecnologia a possibilidade de ser uma reserva de valor, unidade contábil e meio de troca. Assim, qualquer produto ou serviço pode ser pago com a moeda digital hoje.

Em El Salvador, por exemplo, a história de María Hernández foi contada pelo Ministério da Agricultura, uma microempresária que já aceita o pagamento de Bitcoin por café.

María Hernández, Café em El Salvador, aceita Bitcoin
María Hernández, Café em El Salvador, aceita Bitcoin/ Foto: Ministerio de Agricultura y Ganadería

“María Hernández, fundadora desta microempresa que produz um dos melhores cafés do mundo, o nosso pacamara, percebeu que aceitar esta moeda digital em troca de uma boa xícara de café é mais uma oportunidade, entre tantas outras, de impulsionar seu lidar.”, disse o Ministério da Agricultura.

O Solo Café, de María, trabalha com a qualidade pacamara, sendo uma das melhores do mundo.

“Adaptar as mudanças impostas pelo uso de novas tecnologias”

O último ano trouxe o tema da digitalização para outro patamar, exigindo dos negócios uma mudança radical em suas posturas. No caso do dinheiro, o cenário não poderia diferir, sendo a moeda digital cada vez mais presente no mundo.

No caso de María, sua intenção ao aceitar Bitcoin em sua tenda de café é justamente essa, de se adaptar as mudanças impostas pelo uso das novas tecnologias, afirmou o Ministério da Agricultura local.

“Por incrível que pareça, a empresária já encantou o paladar de vários amantes do café que pagavam com Bitcoins. E, mais do que uma estratégia de mercado de pequena escala, ela diz que sua aposta é se adaptar às mudanças impostas pelo uso de novas tecnologias.”

A chegada de El Salvador ao mercado de Bitcoin trouxe muita felicidade aos fãs da moeda, que podem até abrir empresas e morar no país, caso queiram.

Isso porque, a tendência é que El Salvador favoreça mais o uso da moeda digital, que é de curso legal agora, devendo ser aceita por qualquer comerciante do país.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos