Mercado abrirá em 5 h 36 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,37
    +0,80 (+1,22%)
     
  • OURO

    1.777,40
    -6,90 (-0,39%)
     
  • BTC-USD

    56.654,14
    -430,24 (-0,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.438,44
    -30,64 (-2,09%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.168,68
    +109,23 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    23.719,88
    +60,96 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.951,00
    +81,25 (+0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4501
    +0,0033 (+0,05%)
     

Italiano acusado de tráfico internacional de drogas é preso pela Polícia Civil em Copacabana

·1 min de leitura

RIO - O italiano Luiggi Ferrara, de 52 anos, foi preso nesta segunda-feira, dia 18, por policiais da 40ª DP (Honório Gurgel). Ele é acusado pela polícia de ser um dos chefes de uma quadrilha de tráfico internacional de drogas. Contra o italiano, que foi capturado em Copacabana, na Zona Sul do Rio, havia um mandado de prisão preventiva expedido pela 10ª Vara Criminal Federal do Rio.

Em fevereiro de 2011, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou Luigi, ao lado dos irmãos Claudio e Diego Ferrara, por tráfico internacional de drogas. Os três, ao lado de dois brasileiros e três colombianos, haviam sido presos dias antes numa operação simultânea da Polícia Federal e da Polícia Nacional da França.

Segundo a polícia, a quadrilha de Ferrara recebia a droga vinda de países da América do Sul e remetia para países da Europa, em especial para a França. O grupo também foi investigado por uso de documento falso e lavagem de dinheiro.

O italiano era alvo de uma difusão vermelha da Interpol e estava sendo procurado em todos os países da Europa. No momento de sua prisão nesta segunda-feira, Ferrara estava com um passaporte italiano em nome de Luigi Dante Matarazo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos