Mercado fechará em 1 h 13 min
  • BOVESPA

    128.703,05
    +645,83 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.462,81
    +260,01 (+0,52%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,59
    +0,55 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.770,50
    -4,30 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    35.475,50
    -2.341,59 (-6,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    878,18
    -61,77 (-6,57%)
     
  • S&P500

    4.177,77
    -44,09 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.386,27
    -437,18 (-1,29%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0090
    +0,0465 (+0,78%)
     

Itaúsa tem lucro 123% maior no 1º trimestre

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O lucro da Itaúsa mais do que dobrou no primeiro trimestre, com a holding sendo beneficiada pelo desempenho do seu principal ativo, o Itaú Unibanco.

A companhia, que também detém participações na Alpargatas, na Duratex, na Copagaz e na NTS, anunciou nesta segunda-feira que seu lucro recorrente de janeiro a março somou 2,4 bilhões de reais, 123% a mais do que no mesmo período de 2020. Em termos líquidos, o lucro de 2,2 bilhões de reais foi 118% maior do que um ano antes.

Na semana passada, o Itaú Unibanco havia reportado lucro recorrente de 6,4 bilhões de reais para o primeiro trimestre, acima das estimativas de analistas e 63,6% maior em um ano, devido sobretudo à queda da 59% das provisões para inadimplência.

O Itaú representou 89% do resultado da Itaúsa no trimestre. Essa proporção tende a cair mais adiante, já que a Itaúsa tem comprado participações de empresas não financeiras.

No mês passado, comprou 8,5% da empresa de saneamento Aegea por 1,3 bilhão de reais. Dias depois, a Aegea pagou 15,4 bilhões de reais e venceu a disputa pelos lotes 1 e 4 da companhia fluminense Cedae, em leilão na B3.

E em conjunto com a canadense Brookfield, comprou da Petrobras uma fatia extra de 10% na empresa de gasodutos Nova Transportadora do Sudeste (NTS) por 1,8 bilhão de reais.

(Por Aluísio Alves)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos