Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,65
    +0,60 (+0,83%)
     
  • OURO

    1.784,10
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    50.656,42
    +336,50 (+0,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.320,56
    +15,44 (+1,18%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.860,62
    +405,02 (+1,42%)
     
  • NASDAQ

    16.382,50
    +64,50 (+0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2764
    -0,0633 (-1,00%)
     

Itaú prevê nova revisão para projeção de inflação em 2021

·1 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 31.10.2019 - Retrato de Mario Mesquita, economista-chefe do Itaú Unibanco, em São Paulo. Economista-chefe do Itaú Unibanco, é doutor em economia pela Universidade de Oxford; foi diretor de Política Econômica do Banco Central (2007-10), sócio do banco Brasil Plural, economista-chefe do ABN Amro para o Brasil e a América Latina e diretor da Febraban; teve passagem pelo FMI. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress) ORG XMIT: AGEN1910311626027496
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 31.10.2019 - Retrato de Mario Mesquita, economista-chefe do Itaú Unibanco, em São Paulo. Economista-chefe do Itaú Unibanco, é doutor em economia pela Universidade de Oxford; foi diretor de Política Econômica do Banco Central (2007-10), sócio do banco Brasil Plural, economista-chefe do ABN Amro para o Brasil e a América Latina e diretor da Febraban; teve passagem pelo FMI. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress) ORG XMIT: AGEN1910311626027496

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após o resultado da inflação de outubro bem acima das estimativas dos economistas, uma nova rodada de revisões nas projeções de mercado para o índice de preços fechado para 2021 deve ocorrer nas próximas semanas.

O economista-chefe do Itaú, Mário Mesquita, afirmou nesta sexta-feira (12) que o banco provavelmente irá revisar novamente sua projeção para a inflação de 2021.

No final de outubro, o banco já havia revisado, de 8,7% para 9%, a estimativa para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) neste ano. Para 2022, a projeção foi de 4,2% para 4,3%.

"Dado o estágio que estamos, já mais no fim do ano, é bem possível que essa surpresa inflacionária nos leve a rever para cima a projeção de inflação de 2021", afirmou Mesquita, durante coletiva com a imprensa.

O banco tinha uma projeção de 1,04% medida pelo IPCA em outubro, ante o resultado de 1,25% divulgado pelo IBGE, na maior taxa mensal para o período desde 2002. Em 12 meses, a inflação chegou a 10,67%.

Ele acrescentou que a revisão para a inflação deste ano pode também levar a mudanças nos prognósticos do banco para o IPCA de 2022, bem como para a taxa básica de juros.

A previsão atual do banco aponta para uma taxa Selic de 11,25% no primeiro trimestre de 2022, o que deve levar a uma recessão da economia local no próximo ano pelos cálculos dos especialistas.

O economista afirmou também que o cenário global deve ser marcado por uma redução dos estímulos nos Estados Unidos, com duas, ou talvez até três altas de juros pelo Federal Reserve, o banco central americano, até meados do ano que vem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos