Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.680,41
    -759,75 (-1,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Itaú e BID se juntam em programa de aceleração de startups no Norte e Nordeste

·2 minuto de leitura

O laboratório de inovação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID Lab) e o Cubo Itaú anunciaram seu novo programa de aceleração, o BID ao Cubo Diversidade: Startups em Fase Inicial. O objetivo é atrair cerca de 30 startups das regiões Norte e Nordeste do país.

Morgan Doyle, representante do BID no Brasil, diz que a entidade conhece o potencial empreendedor dessas. “Queremos fortalecer ainda mais o ecossistema de inovação local, criar oportunidades para startups em fase inicial e abrir espaço para a diversidade”, destaca.

Imagem: Divulgação/Cubo Itaú
Imagem: Divulgação/Cubo Itaú

O projeto busca startups cuja meta seja beneficiar o desenvolvimento dessas localiades e, por consequência, a sociedade e o ecossistema de inovação. É importante que as empresas atuem na diversidade e na inclusão de pluralidades, pessoas e negócios da localidade. Para participar, os interessados podem se inscrever neste link.

Na primeira edição do BID ao Cubo nas regiões Norte e Nordeste houve mais de 30 uniões com mantenedores e investidores, 15 mentorias e 90% de engajamento nos workshops. “Esses números comprovam o potencial, a importância e a criatividade dos empreendedores tecnológicos da região. Por isso apostamos em iniciativas como essa”, explica Renata Zanuto, cohead do Cubo Itaú.

Como é o programa

Imagem: Reprodução/Freepik/rawpixel.com
Imagem: Reprodução/Freepik/rawpixel.com

Um dos requisitos para a participação é a necessidade de a empresa ter diversidade no grupo de fundadores. O parâmetro considera mulheres, pessoas negras, indígenas, LGBTQIA+, com deficiência e com histórico de baixa renda.

O programa terá duração de cinco semanas, será totalmente online e usará metodologia da Origem by Darwin, que busca capacitar pessoas para que elas se tornem mais empreendedoras. Durante o processo, o plano é ir da ideação à captação dos primeiros clientes.

Para isso, serão quatro módulos. Os temas abordados são diagnóstico 360 graus, validação do negócio, produto mínimo viável (MVP) e lançamento. Cada uma dessas fases terá dois encontros: um workshop e uma mentoria em grupo.

A iniciativa vai permitir, ainda, que as startups selecionadas façam conexões de valor por meio dos parceiros do projeto. “Nossa metodologia une conteúdos ao vivo, atividades práticas e mentorias coletivas, além de utilizar uma rede de conexões de valor por meio de parceiros”, explica André Hotta, CEO da Origem by Darwin.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos