Mercado abrirá em 3 h 17 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,30
    +0,85 (+1,13%)
     
  • OURO

    1.739,80
    -12,20 (-0,70%)
     
  • BTC-USD

    42.067,42
    -1.605,21 (-3,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.042,35
    -59,17 (-5,37%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.035,01
    -28,39 (-0,40%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    15.006,00
    -188,75 (-1,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2839
    -0,0229 (-0,36%)
     

Itália pede ajuda de países europeus para combater incêndios na Sardenha

·1 minuto de leitura
Itália pede ajuda de países europeus para combater incêndios na Sardenha

MILÃO (Reuters) - A Itália pediu a Estados da União Europeia, neste domingo, que enviem aviões de combate a incêndios para ajudar a controlar o fogo que atingiu partes da ilha da Sardenha, causando a retirada de centenas de pessoas.

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio, disse no Facebook que a Defesa Civil do país emitiu o pedido, e disse estar grato pela ajuda que já estava sendo enviada.

"Dois (aviões) vêm de França, a quem agradeço oficialmente", disse Di Maio.

Os incêndios assolaram a província de Oristano, na região centro-oeste da ilha italiana, queimando milhares de hectares de terra, matando animais e danificando propriedades.

Não houve relatos de mortes ou ferimentos graves, mas a agência de notícias italiana Ansa disse que 400 pessoas foram retiradas de suas casas neste domingo, depois que um número semelhante também foi removido durante a noite.

(Por Stephen Jewkes)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos