Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.325,29
    +882,06 (+1,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

iStock oferece bolsa de R$ 25 mil para fotógrafo, ilustrador e videomaker

·3 min de leitura

A iStock, banco de imagens pertencente ao Getty Images, anunciou nesta segunda-feira (8) o lançamento de um programa para ajudar na promoção do trabalho de artistas comerciais, criativos e emergentes. Com o nome de Bolsa de Inclusão, o objetivo é oferecer uma ajuda de custo, bem como a divulgação na plataforma, a fotógrafos comerciais, videomakers e ilustradores da América Latina, Austrália, Estados Unidos e Reino Unido.

Os interessados poderão submeter seu trabalho com a plataforma e receber esse baita apoio de um dos maiores serviços de imagens do mundo. Serão quatro prêmios no valor de US$ 5 mil (cerca de R$ 25,6 mil) para cada escolhido, concedidos em parceria com diversas organizações do mundo, como a Black Women Photographers, Creative Access, Fotografas Latam e o Australia Council for the Arts.

O iStock Creative Inclusion Grants 2021 deve oferecer bolsas para auxiliar o trabalho criativo de arte (Imagem: Reprodução/Getty Images)
O iStock Creative Inclusion Grants 2021 deve oferecer bolsas para auxiliar o trabalho criativo de arte (Imagem: Reprodução/Getty Images)

O cadastro já começou e vai até 23h59 do dia 6 de dezembro de 2021. Quem se candidatar deve enviar um projeto próprio com um portfólio de seu trabalho e um pequeno ensaio descritivo com a sua intenção e inspiração, além de garantir estar enquadrado em todos os requisitos de elegibilidade dispostos no site oficial. Como complemento às concessões financeiras, todos os quatro ganhadores terão a oportunidade de licenciar seus trabalhos no site da iStock a uma taxa de royalties de 100%.

Cada um dos quatro patrocinadores definirá o vencedor com base em seus próprios critérios de concessão, de forma independente e com parceria da equipe de arte da iStock, o que deve garantir mais equidade na disputa:

  • América Latina — cofundadoras do Fotografas Latam, Lorena Velasco e Fernanda Pitaño, e a fotógrafa comercial e de belas-artes Cristina Otero;

  • Austrália - diretora-executiva de Artes e Cultura das Primeiras Nações, Franchesca Cubillo, e a chefe do fesenvolvimento do Setor de Artes e Cultura das Primeiras Nações, Patricia Adjei, ambas do Australia Council;

  • Estados Unidos — fundadora da Black Women Photographers, Polly Irungu, e a pioneira na fotografia comercial Barbara DuMetz;

  • Reino Unido — CEO e cofundadora da Creative Access, Josie Dobrin, e a fotógrafa freelance Vanessa Martins.

Um incentivo necessário

Segundo a fundadora da Black Women Photographers, Polly Irungu, o universo da fotografia é dominado por homens brancos, por isso praticamente não há incentivos financeiros para mulheres negras atuarem com fotos comerciais.“É por isso que, em conjunto com a iStock, estamos nos aliando para nivelar o campo de jogo e apoiar fotógrafas mulheres negras, bem como aqueles em outros grupos sub-representados, fornecendo fundos e recursos”, explica Irungu.

“Esta bolsa nos permitirá criar visibilidade para criadores latinos que trabalham na América Latina, dando-lhes a oportunidade de criar e produzir conteúdo que expresse a si mesmos e sua identidade latina em nosso mundo”, reforçaram as cofundadoras da Fotografas Latam, Lorena Velasco e Fernanda Pitaño. Os brasileiros estão inclusos nesse rol e poderão participar.

O iStock Inclusion Grant integra um programa de bolsas da Getty Images, que já concedeu US$ 1,8 milhão a fotógrafos e cineastas em todo o mundo desde o seu início. A plataforma costuma lançar projetos similares para incentivar o trabalho de profissionais que trabalham com a criação audiovisual, em especial daqueles que tem menos oportunidades de mostrar seu talento para o mundo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos