Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,68
    +0,18 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.769,20
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    22.940,72
    -508,43 (-2,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    545,01
    -12,72 (-2,28%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    29.035,83
    +93,69 (+0,32%)
     
  • NASDAQ

    13.506,00
    -17,25 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2349
    +0,0211 (+0,40%)
     

Israel sediará concurso de Miss Universo apesar de restrições por variante ômicron

·1 min de leitura

Por Dan Williams

JERUSALÉM (Reuters) - Israel sediará o concurso de beleza Miss Universo no resort do Mar Vermelho de Eilat, em 12 de dezembro, apesar de ter imposto restrições às viagens para tentar evitar a variante do coronavírus ômicron, disse o ministro do Turismo, Yoel Razvozov, neste domingo.

No sábado, Israel anunciou que proibiria a entrada de estrangeiros no país, aumentaria as quarentenas para cidadãos e residentes que retornassem do exterior e restabeleceria a polêmica vigilância de celulares projetada para rastrear infecções.

No entanto, Razvozov disse neste domingo que as participantes do Miss Universo receberiam isenções, possivelmente tendo que se submeter a testes PCR a cada 48 horas e outras medidas de precaução.

"Este é um evento que será transmitido em 174 países, um evento muito importante, um evento que Eilat também precisa muito", disse ele a repórteres antes da reunião de gabinete semanal, onde os ministros votariam sobre as medidas anti-ômicron.

“Saberemos administrar este evento. Então, usando o comitê de dispensas, teremos eventos como esse, com o qual o país já se comprometeu e não pode cancelar."

Israel confirmou um caso de ômicron, em uma turista que chegou do Malaui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos