Mercado fechará em 31 mins
  • BOVESPA

    109.029,54
    -72,45 (-0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.484,74
    -1.023,61 (-1,95%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,90
    -0,65 (-0,76%)
     
  • OURO

    1.832,70
    -9,90 (-0,54%)
     
  • BTC-USD

    38.210,58
    -4.767,75 (-11,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    898,12
    +655,44 (+270,08%)
     
  • S&P500

    4.435,69
    -47,04 (-1,05%)
     
  • DOW JONES

    34.494,54
    -220,85 (-0,64%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.643,50
    -197,50 (-1,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Israel autoriza 4ª dose de vacina anticovid para maiores de 60 anos

·1 min de leitura
Profissional de saúde administra dose de vacina anticovid em menino na cidade de Modiin, no centro de Israel, em 2 de janeiro de 2022 (AFP/GIL COHEN-MAGEN)

O primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett, anunciou neste domingo (2) que todos os israelenses com mais de 60 anos, e também os profissionais de saúde, poderão receber a quarta dose da vacina anticovid, em meio ao aumento de casos relacionados com a variante ômicron.

Durante uma coletiva sobre a pandemia, Bennett afirmou que o Ministério de Saúde havia autorizado a administração da quarta dose em idosos e no pessoal de saúde.

"A onda de ômicron está aqui e devemos nos proteger", declarou Bennett.

Na última quinta-feira, as autoridades já tinham liberado a aplicação da quarta dose para as pessoas imunodeprimidas, o mesmo dia em que Israel recebeu o primeiro lote dos comprimidos anticovid da Pfizer.

O número de contágios de covid-19 segue aumentando no país, depois que o primeiro caso da variante ômicron foi detectado no final de novembro. O surto, no entanto, não trouxe consigo um aumento das internações hospitalares.

Neste domingo, as autoridades confirmaram 4.206 novos casos nas últimas 24 horas, um aumento de 195% em relação à semana passada.

"Podemos chegar a 50.000 novos casos por dia" alertou Bennett, que também insistiu na vacinação de adultos e crianças que ainda não foram imunizados.

Em Israel, metade de sua população de 9,2 milhões de habitantes já recebeu uma dose de reforço. Atualmente, os casos graves ocorrem principalmente em indivíduos não vacinados, segundo os dados publicados pelas autoridades.

No total, segundo os números oficiais, foram registrados 1.394.407 contágios e 8.244 óbitos desde o início da pandemia em Israel.

mib/feb/grp/eg/rpr

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos