Mercado fechará em 5 h 57 min
  • BOVESPA

    110.924,73
    -615,07 (-0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.682,19
    +897,61 (+2,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,60
    +0,85 (+1,42%)
     
  • OURO

    1.713,10
    -20,50 (-1,18%)
     
  • BTC-USD

    51.509,87
    +2.649,20 (+5,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.028,41
    +40,31 (+4,08%)
     
  • S&P500

    3.870,29
    -31,53 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.391,52
    -143,99 (-0,46%)
     
  • FTSE

    6.619,52
    +5,77 (+0,09%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    12.994,00
    -61,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8979
    +0,0358 (+0,52%)
     

ISACA publica novo relatório sobre tendências, obstáculos e previsões em matéria de privacidade às vésperas do Dia da Privacidade de Dados

·4 minuto de leitura

Ao se aproximar do Dia da Privacidade de Dados nesta semana, a ISACA lançou um novo relatório de pesquisa, Privacy in Practice 2021: O Data Privacy Trends, Forecasts and Challenges (Privacidade na prática 2021: tendências, previsões e desafios em privacidade de dados), que analisa tendências passadas e futuras em privacidade planejada, obstáculos para a privacidade e força de trabalho de privacidade.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20210126005952/pt/

The current privacy landscape is rife with low investment, lack of high-level prioritization and lack of skilled privacy professionals that leave organizations open to penalties and loss of reputation. ISACA, a global professional association and learning organization, surveyed more than 1,800 IT audit, risk, security and privacy professionals on privacy workforce trends and skills gaps, privacy programs, and the regulations and frameworks that guide privacy programs. (Graphic: Business Wire)

Privacidade planejada

Empresas que informam que utilizam sempre a privacidade planejada (privacy by design) tendem a ser mais orientadas por uma combinação de conformidade e ética (62% em comparação com 52% no total). Elas também são quase 2,5 vezes mais propensas a ter total confiança na capacidade de suas equipes de privacidade de assegurar a privacidade de dados e atingir a conformidade com novas leis e regulamentações de privacidade (24% em comparação com 10% no total). No entanto, não foi identificada uma diferença significativa na quantidade de violações de privacidade sofridas por elas nos últimos 12 meses na comparação com todas as pesquisadas. Aproximadamente 10% de ambos os grupos relataram violações, um número que possivelmente indica subnotificações.

Obstáculos para a privacidade

As organizações pesquisadas identificaram outras falhas comuns de privacidade, entre elas:

  • Falta de treinamento ou treinamento deficiente (64%)

  • Falha ao realizar uma análise de riscos (53%)

  • Detecção deficiente ou inexistente de informações pessoais (50%)

As pesquisadas citaram estruturas de princípios de privacidade, dados de acesso com base em experiência e treinamento de privacidade como os métodos mais úteis para superar esses obstáculos.

Tendências de força de trabalho

As organizações pesquisadas indicaram que preveem maior demanda por cargos técnicos de privacidade em comparação com cargos jurídicos e de conformidade (alta de 70% em comparação com alta de 59%). Entretanto, cargos técnicos de privacidade foram mais propensos a ser considerados com falta de pessoal (46% em comparação com 33%).

Contudo, gerentes de contratação têm ocupado esses cargos por meio de treinamento; 47% observaram que vêm treinando profissionais que não trabalhavam com privacidade, mas têm interesse em ocupar cargos nessa área. 92% das organizações pesquisadas indicaram que contam com profissionais de privacidade que iniciaram suas carreiras em TI ou segurança, e migraram para as áreas de privacidade e conformidade.

"As organizações continuarão precisando de uma sólida força de trabalho de privacidade nos próximos anos", afirma Nader Qaimari, diretor de produto da ISACA. "O aumento nas oportunidades de capacitação para essa trilha de carreira e competências técnicas por parte de profissionais não provenientes da área de privacidade não só reduz as deficiências de privacidade, mas também enriquece essa força de trabalho".

O webinar gratuito "Exploring Privacy Trends, Challenges & Predictions" (Explorando tendências, desafios e previsões em privacidade) às 12h (EST)/17h (UTC) de 28 de janeiro de 2021 abordará os destaques da pesquisa. Para saber mais, acesse www.isaca.org/education/online-events/lms_w012821.

Acesse o relatório da pesquisa Privacidade na prática 2021 em www.isaca.org/privacy-in-practice-2021. Saiba mais sobre os recursos de privacidade da ISACA, inclusive a certificação Certified Data Privacy Solutions Engineer™ (CDPSE™), em www.isaca.org/cdpse.

Sobre a ISACA

Há mais de 50 anos, a ISACA® (www.isaca.org) mune pessoas de conhecimentos, credenciais, formação educacional e comunidade para promoverem suas carreiras e transformarem suas organizações, além de possibilitar que empresas capacitem e desenvolvam equipes de qualidade. A ISACA emprega a experiência e os conhecimentos de mais de 150 mil membros que trabalham em segurança da informação, governança, garantia, riscos e privacidade para promover inovação por meio da tecnologia. Ela está presente em 188 países e possui mais de 220 filiais.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20210126005952/pt/

Contacts

Emily Van Camp, +1.847.385.7217, communications@isaca.org
Kristen Kessinger, +1.847.660.5512, kkessinger@isaca.org