Mercado abrirá em 8 h 26 min
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,32 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,74
    +0,60 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.835,90
    +4,10 (+0,22%)
     
  • BTC-USD

    35.268,95
    +336,64 (+0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    815,81
    +573,13 (+236,17%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.707,64
    -257,91 (-1,03%)
     
  • NIKKEI

    27.371,11
    -151,15 (-0,55%)
     
  • NASDAQ

    14.541,00
    +114,50 (+0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1766
    -0,0134 (-0,22%)
     

Irmãos franco-brasileiros desenvolvem projeto inédito de walkie-talkie submarino

·2 min de leitura

Os irmãos Jonas e Gabriel Beraldo Ramos Guerche, franco-brasileiros que vivem entre Paris e a região da Bretanha, no oeste da França, trabalham em um projeto inédito de um walkie-talkie submarino, ou um "dive-talkie", como preferem chamar o aparelho que tem o objetivo de possibilitar a comunicação debaixo d'água, entre praticantes de mergulho.

Jonas e Gabriel começaram a praticar mergulho há cerca de cinco anos. Foi voltando de um curso que a ideia de criar um walkie-talike submarino surgiu, a partir da própria necessidade que os irmãos sentiam, como mergulhadores, de trocar informações debaixo d'água.

Para o mergulho de lazer, geralmente a comunicação é feita através de gestos com as mãos. "Até hoje não há um produto para conversarmos durante a prática de mergulho e que seja acessível a todos. Por isso, muitos acidentes acabam ocorrendo", explicou Jonas à RFI.

Segundo ele, os aparelhos que existem atualmente no mercado são voltados exclusivamente para profissionais e têm um custo alto. "Ter uma forma de comunicação com voz durante o mergulho ajuda muito durante os cursos. É um mecanismo que oferece mais segurança para as pessoas que estão aprendendo a mergulhar. Além disso, é importante para que o próprio instrutor possa passar informações sobre o ambiente onde a atividade está sendo praticada", ressalta.

O aparelho que os irmãos estão elaborando ainda não tem um nome oficial. O funcionamento é basicamente como o de um walkie-talkie, mas para ser usado debaixo d'água. A formação que ambos têm em Física ajudou na concepção do produto.

Finalização do produto em 18 meses


Leia mais

Leia também:
Físico brasileiro entra para a história da computação quântica
Aplicativo desenvolvido por brasileiro é usado para combater violência doméstica em todo o mundo
Projeto brasileiro de ecomobilidade utiliza experiência francesa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos