Mercado fechará em 1 h 20 min
  • BOVESPA

    116.728,39
    +264,33 (+0,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.226,71
    -826,85 (-1,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,08
    +0,47 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.843,20
    -7,70 (-0,42%)
     
  • BTC-USD

    30.445,20
    -1.365,89 (-4,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    613,14
    -26,77 (-4,18%)
     
  • S&P500

    3.790,06
    -59,56 (-1,55%)
     
  • DOW JONES

    30.588,99
    -348,05 (-1,13%)
     
  • FTSE

    6.567,37
    -86,64 (-1,30%)
     
  • HANG SENG

    29.297,53
    -93,73 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.635,21
    +89,03 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.306,75
    -178,75 (-1,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5332
    +0,0224 (+0,34%)
     

Iris é um pequeno rover que a NASA enviará para estudar o deslocamento na Lua

Redação
·1 minuto de leitura

Em 2021, a NASA irá lançar o Iris, um pequeno rover que dará início a uma revolução bem parecida com aquela proporcionada pelos CubeSats. Desenvolvido pela empresa Astrobotic, localizada na Pensilvânia, o Iris é o primeiro dos CubeRovers, uma linha de novos, simples e pequenos rovers de baixo custo tanto de produção quanto de lançamento.

A NASA, Astrobotic e a Universidade de Canergie Mellon estão trabalhando juntas no projeto, buscando lançar o Iris já no ano que vem como parte do programa Artemis, que almeja levar humanos novamente à Lua em 2024. Entretanto, o Iris deverá voar em um lançamento particular.

E acredite se quiser: de acordo com a NASA, o Iris tem mais ou menos o tamanho de uma caixa de sapatos e pesa menos de 3 kg. Se tudo correr bem, o pequeno rover vai se deslocar por uma distância de aproximadamente 49 metros. Isso trará informações importantes para os engenheiros sobre a melhor forma de se deslocar sobre a superfície lunar, e vai permitir também estudar as alterações que o pouso causou na superfície da Lua.

"Estamos todos animados para o lançamento do Iris, dirigir um rover na superfície da lua e ver o que vamos descobrir", declarou Raewyn Duvall, gerente do programa do Iris e doutorando na universidade de Carnegie Mellon. E, de fato, veremos os resultados diretamente da Lua: o Iris tirará pelo menos uma foto para registar o momento, e ela será enviada à Terra. O rover estará a bordo do lander Peregrine junto de outras cargas para seu lançamento.

Fonte: Canaltech