Mercado abrirá em 3 h 52 min

Irani reverte lucro e registra prejuízo líquido de R$ 1,6 milhão no 4º tri

Rodrigo Rocha

Ebitda ajustado das operações continuadas subiu 75,3%, para R$ 80,6 milhões. A Irani Papel e Embalagem registrou prejuízo líquido atribuído aos controladores de R$ 1,6 milhão no quarto trimestre de 2019, revertendo lucro líquido de R$ 21,8 milhões obtido no mesmo período de 2018. O resultado tem como base os números das demonstrações financeiras padronizadas entregues à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Excluindo o resultado de operações descontinuadas, o lucro foi de R$ 14,2 milhões, contra prejuízo de R$ 11,9 milhões no quarto trimestre de 2018.

A receita líquida da companhia subiu 10,9% de outubro a dezembro, para R$ 233 milhões, na comparação anual.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado das operações continuadas subiu 75,3%, para R$ 80,6 milhões.

Segundo a companhia, a receita foi beneficiada pelo crescimento das vendas de papel para embalagens, compensando parcialmente a queda de papelão ondulado. Nos dois segmentos, a companhia registrou crescimento dos preços médios na comparação anual.

A companhia também viu uma perda significativa no resultado financeiro. Que foi de R$ 27 milhões negativos no quarto trimestre de 2018 para R$ 85,2 milhões negativos no mesmo período de 2019, por perdas relacionadas à adoção de mecanismo de proteção (“hedge”) em dólar.

No ano, a companhia registrou prejuízo líquido de R$ 79,6 milhões, contra R$ 223 mil de perdas em 2018. A receita cresceu 12,5% em 2019, para R$ 898,8 milhões.