Mercado abrirá em 8 h 34 min
  • BOVESPA

    120.933,78
    -180,15 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.072,62
    -654,36 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,91
    +0,53 (+0,84%)
     
  • OURO

    1.772,20
    +1,60 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    55.104,76
    -1.882,72 (-3,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.236,69
    -62,27 (-4,79%)
     
  • S&P500

    4.163,26
    -22,21 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.077,63
    -123,04 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.000,08
    -19,45 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    29.105,73
    -0,42 (-0,00%)
     
  • NIKKEI

    29.092,98
    -592,39 (-2,00%)
     
  • NASDAQ

    13.913,75
    +16,50 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6898
    +0,0141 (+0,21%)
     

IR21: Quase cinco milhões de pessoas já fizeram declaração

Marcela Leite
·1 minuto de leitura
Dobra envio de declarações do Imposto de Renda por dispositivos móveis
15% do total de declarantes escolheu não deixar para última hora

A Receita Federal já recebeu 4.868.716 das 32,6 milhões declarações esperadas do Imposto de Renda 2021, que tem 2020 como ano-base. Ou seja, 15% do total de declarantes escolheu não deixar para última hora a burocracia.

Leia também:

Quanto mais cedo for feita a declaração, mais cedo o contribuinte tem direito à restituição, caso tenha direito a recebê-la. 

O imposto de renda pode ser declarado até 30 de abril pelo programa do IRPF 2021, por meio do aplicativo do celular e até por meio do e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte).

Caso o documento seja enviado depois do prazo final, o valor da multa é de 1% ao mês sobre o valor do imposto devido. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74, podendo chegar a 20% do valor do imposto devido.