Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    62.275,59
    +788,18 (+1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

IR 2021: Mais de 5,6 milhões já entregaram declaração

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
  • Cerca de 5,6 milhões de contribuintes já fizeram a declaração do Imposto de Renda 2021

  • Prazo de entrega é até as 23h59 de 30 de abril

  • Sistema da Receita Federal funciona 20 horas por dia

A Receita Federal informou hoje que 5.642.123 de contribuintes escolheram não deixar para última hora e já fizeram a declaração do Imposto de Renda 2021, que tem 2020 como ano-base.

Leia também:

O imposto de renda pode ser declarado até as 23h59 (pelo horário de Brasília) de 30 de abril pelo programa do IRPF 2021, por meio do aplicativo do celular e até por meio do e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte).

O sistema da Receita funciona 20 horas por dia e só não está disponível de madrugada, entre 1h e 5h.

Multa mínima de R$ 165

Caso o documento seja enviado depois do prazo final, o valor da multa é de 1% ao mês sobre o valor do imposto devido. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74, podendo chegar a 20% do valor do imposto devido.

Quanto mais cedo for feita a declaração, mais cedo o contribuinte tem direito à restituição, caso tenha direito a recebê-la.