Mercado fechará em 1 h 55 min
  • BOVESPA

    121.861,28
    +60,07 (+0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.263,13
    +67,70 (+0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,97
    +0,82 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.807,10
    -7,40 (-0,41%)
     
  • BTC-USD

    40.654,19
    +1.142,09 (+2,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.001,65
    +25,75 (+2,64%)
     
  • S&P500

    4.421,96
    +19,30 (+0,44%)
     
  • DOW JONES

    34.996,94
    +204,27 (+0,59%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.148,50
    +75,00 (+0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1534
    +0,0351 (+0,57%)
     

Irã quer banir Bitcoin como meio de pagamento

·2 minuto de leitura
Bitcoin e moeda do Banco Central do Irã
Bitcoin e moeda do Banco Central do Irã

O Congresso do Irã quer banir o uso do Bitcoin como meio de pagamento e já prepara uma lei sobre o assunto. No começo do mês, o então presidente do país pediu que uma regulação sobre o mercado fosse criada com urgência.

Vale o destaque que o Irã havia entrado no mercado de Bitcoin nos últimos anos para fugir de embargos impostos pelos Estados Unidos. O governo iraniano chegou a permitir que fazendas de mineração fossem instaladas no país para fomentar negócios com a moeda de interesse nacional.

Contudo, no final do mês de maio, o Irã anunciou que iria banir a mineração de Bitcoin, visto que alguns apagões de energia estariam sendo causados pela atividade. A medida, que seria temporária, agora corre o risco de ser permanente.

Congresso do Irã quer banir o Bitcoin como meio de pagamento

Conforme o portal de notícias Tasnim, o congresso iraniano anunciou que já elabora um projeto de lei sobre o Bitcoin.

Prometendo regulamentar a mineração da criptomoeda e o mercado de corretoras domésticas, os parlamentares esperam até que o país crie sua própria moeda digital, a exemplo de outros países.

Dessa forma, o projeto de lei institui que o Banco Central do Irã deve regulamentar o mercado de Bitcoin, tendo como prazo apenas três meses para criar regras ao setor.

Como meio de pagamento, o congresso do Irã quer banir o uso do Bitcoin no país assim como outras criptomoedas.

Em relação à mineração de Bitcoin, ficará sob a responsabilidade do Ministério de Minas e Energia a autorização do funcionamento de fazendas, que deverão ter autorização para funcionamento.

Vale o destaque que o projeto de lei ainda será criado e analisado pelas autoridades locais, mas caso aprovado, mostra que um país que até aqui apoiava ligeiramente o Bitcoin, como uma moeda que dava liberdade econômica a um território que sofre com embargos impostos pelos Estados Unidos, já quer acabar com o uso da criptomoeda no território.

Não fica claro o porque o congresso iraniano quer dar um “tiro no pé”, mas a China reprime a mineração de Bitcoin e sua negociação, sendo um dos países aliados do Irã.

O Bitcoin acabou sendo envolvido em um caso de geopolítica, mostrando que está cada vez mais presente nos debates parlamentares em muitos países, mesmo sendo totalmente independente destes que o perseguem.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos