Mercado abrirá em 2 h 49 min
  • BOVESPA

    120.705,91
    +995,88 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.829,31
    +80,90 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,43
    +0,61 (+0,96%)
     
  • OURO

    1.834,00
    +10,00 (+0,55%)
     
  • BTC-USD

    50.481,20
    +493,27 (+0,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.396,00
    +8,09 (+0,58%)
     
  • S&P500

    4.112,50
    +49,46 (+1,22%)
     
  • DOW JONES

    34.021,45
    +433,79 (+1,29%)
     
  • FTSE

    7.008,80
    +45,47 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.238,25
    +138,00 (+1,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4266
    +0,0141 (+0,22%)
     

Irã inaugura máquinas de enriquecimento de urânio para marcar dia nuclear

·1 minuto de leitura

(Reuters) - O presidente Hassan Rouhani reiterou o compromisso do Irã com a não-proliferação nuclear neste sábado, enquanto supervisionava a inauguração de centrífugas avançadas na usina nuclear subterrânea Natanz para marcar o Dia Nacional da Tecnologia Nuclear.

O Irã violou muitas restrições impostas pelo acordo nuclear de 2015 em resposta à decisão do ex-presidente norte-americano Donald Trump de se retirar do compromisso em 2018. As duas nações adotaram posições duras em reuniões indiretas em Viena esta semana sobre como fazer com que ambas voltem a cumprir o acordo em sua plenitude.

Imagens mostradas pela televisão estatal mostraram Rouhani ordenando a injeção de gás de urânio em 164 centrífugas IR-6, 30 centrífugas IR-5 e testes mecânicos em máquinas IR-9 com capacidade para 50 máquinas IR-1 --uma provável nova violação do acordo nuclear.

A cerimônia apresentou 133 avanços ao longo do último ano na indústria nuclear do país, a maioria em campos como medicina, energia e agricultura, disse a televisão estatal.

“Mais uma vez, sublinho que todas nossas atividades nucleares são pacíficas e com propósitos não-militares”, disse Rouhani, em comentários na televisão.

“Continuamos comprometidos com nossa promessa ao TNP (Tratado de Não-Proliferação Nuclear) e ao mundo de não desviar militarmente do nosso programa nuclear”, disse Rouhani.

(Reportagem da redação de Dubai)