Mercado abrirá em 6 h 11 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,13
    +1,56 (+1,42%)
     
  • OURO

    1.829,50
    +4,70 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    20.834,86
    -379,14 (-1,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    453,81
    -7,99 (-1,73%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.374,99
    +145,47 (+0,65%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.103,25
    +62,75 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5377
    -0,0064 (-0,12%)
     

Irã cortará energia de mineradores de criptomoedas devido à crise de energia

As autoridades do Irã anunciaram que os mineradores de criptomoedas que operam no país terão a eletricidade cortada. De acordo com notícias locais, as autoridades do país já fizeram algo semelhante no passado, citando a crescente demanda de eletricidade durante o verão.

Tal como aconteceu no ano passado, as autoridades justificaram a decisão com a crescente procura de eletricidade com a chegada do verão. Mostafa Rajabi Mashhadi, porta-voz do Ministério da Energia iraniano, indicou que o país asiático espera uma maior taxa de uso de energia a partir da próxima semana.

“A eletricidade das principais unidades de mineração de criptomoedas será cortada a partir de quarta-feira, 22 de junho.”

Falta de energia

Mashhadi destacou falta de energia nas últimas semanas, pois a demanda ultrapassou 60.000 megawatts. O governo quer garantir que os cidadãos tenham eletricidade.

O governo concedeu mais de 1.000 licenças de mineração de criptomoedas a várias empresas desde que o Irã autorizou a mineração como uma atividade econômica.

Além das operações licenciadas, o país tem um grande número de mineradores de criptomoedas não licenciados que estão colocando pressão adicional na rede nacional. Em vários períodos, o governo tentou reprimir esses mineradores sem muito sucesso.

No ano passado, o governo iraniano proibiu a mineração de criptomoedas para economizar energia no país. Foi registrado que as mineradoras ilegais consumiram cerca de 600 megawatts da fonte de energia naquela época.

Mineração ilegal

O Irã vem lidando com a mineração ilegal há muito tempo. Em 2019, o governo autorizou as mineradoras de criptomoedas no Irã. No início do ano de 2020, cerca de 1.000 empresas foram autorizadas. No entanto, algumas mineradoras ilegais começaram a usar o abastecimento de energia doméstico para minerar criptomoedas.

Em 2021, o ministro iraniano alertou os mineradores ilegais sobre multas pesadas pelos danos causados ​​aos recursos de eletricidade do país. A mineração de criptomoedas aumentou os problemas para a indústria elétrica do Irã e seus recursos, que já sofrem com problemas climáticos como seca e escassez de chuva.

O país então decidiu reprimir a atividade de mineração ilegal, apreendendo equipamentos de mineração de criptomoedas.

O Irã tomou medidas para fechar fazendas de mineração de criptomoedas ilegais, desconectando-as da rede elétrica nacional e processando os mineradores. Também impôs uma proibição em seus centros licenciados de mineração de criptomoedas em dezembro de 2021 devido a medidas de economia de energia.

Tais políticas tiveram um impacto na indústria de mineração no Irã. A empresa de análise de blockchain Elliptic estimou em maio do ano passado que 4,5% de toda a mineração de Bitcoin ocorreu no país.

Agora, no entanto, caiu para 0,12% em janeiro, de acordo com o Cambridge Centre Alternative Finance (CCAF).

Nos últimos dois anos, as autoridades iranianas fecharam quase 7 mil mineradoras de criptomoedas que operavam sem licença. Desde 2020, quando a administração da rede elétrica nacional começou a culpar a mineração de criptomoedas pela interrupção do fornecimento de eletricidade do Irã, as autoridades locais vêm reprimindo empresas de mineração de criptomoedas.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos