Mercado abrirá em 8 h 39 min
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,41
    -0,72 (-1,36%)
     
  • OURO

    1.860,80
    -5,10 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    30.360,85
    +546,81 (+1,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    600,08
    -79,83 (-11,74%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,37 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.664,23
    -263,53 (-0,88%)
     
  • NIKKEI

    28.646,99
    -109,87 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5140
    +0,0056 (+0,09%)
     

IPO da Intelbras pode movimentar R$1,2 bilhão

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa catarinense de segurança eletrônica Intelbras informou nesta quarta-feira sobre o cronograma de sua oferta inicial de ações (IPO), com faixa estimada de preço da operação fixada em 15,25 a 19,25 reais por ação.

A operação pode movimentar 1,24 bilhão de reais, considerando a venda integral do lote base e o ponto médio da faixa indicativa, na operação coordenada por BTG Pactual, Santander Brasil, Itaú BBI e Citi.

A expectativa da empresa, que também produz controles de acesso, redes, comunicação e energia solar, é definir o preço da oferta em 2 de fevereiro, fazendo sua estreia no pregão da B3 dois dias depois, negociada sob o ticker INTB3.

A empresa diz que usará os recursos da venda de ações novas para aquisições, expandir sua capacidade industrial, ampliar soluções de software e hardware e expandir canais de varejo. Atuais acionistas também venderão participação no negócio.

(Reportagem de Aluísio Alves)