Mercado abrirá em 3 h 12 min
  • BOVESPA

    120.933,78
    -180,15 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.072,62
    -654,36 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,00
    +0,62 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -6,70 (-0,38%)
     
  • BTC-USD

    55.112,23
    -1.960,23 (-3,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.244,02
    -54,94 (-4,23%)
     
  • S&P500

    4.163,26
    -22,21 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.077,63
    -123,04 (-0,36%)
     
  • FTSE

    6.941,85
    -58,23 (-0,83%)
     
  • HANG SENG

    29.135,73
    +29,58 (+0,10%)
     
  • NIKKEI

    29.100,38
    -584,99 (-1,97%)
     
  • NASDAQ

    13.862,75
    -34,50 (-0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6937
    +0,0180 (+0,27%)
     

IPO da Blau Farmacêutica pode movimentar R$2,1 bi

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A oferta inicial de ações (IPO) da fornecedora de medicamentos para tratamentos complexos Blau Farmacêutica pode movimentar cerca de 2,1 bilhões de reais, segundo dados do cronograma da operação publicados nesta quarta-feira.

O cálculo usa a premissa de venda integral das ações ofertadas e que cada papel será a vendido a 47,60 reais, no centro da faixa estimada pelos coordenadores da oferta, que vai de 44,60 a 50,60 reais.

Do montante total, cerca de 1,5 bilhão de reais corresponde à venda de ações novas, cujos recursos a empresa pretende usar para expansão de suas fábricas, investir em centros de coleta de plasma nos Estados Unidos, acelerar investimentos em pesquisa e desenvolvimento, expansão na América Latina e pagar dívidas.

Com sede em Cotia (SP), a companhia especializada em produtos para tratamento de câncer e doenças sanguíneas e dos rins tem cinco fábricas no Brasil e 5 subsidiárias na América Latina, incluindo Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Uruguai.

A operação, que será coordenada por Itaú BBA, Bradesco BBI, BTG Pactual, XP, JPMorgan e Citi, também servirá para o único acionista da empresa, Marcelo Hahn, vender uma fatia no negócio.

A previsão dos coordenadores é de que a operação seja precificada em 6 de abril, com as ações estreando na Bovespa em 8 de abril, negociadas sob o ticker BLAU3.

(Por Aluísio Alves)