Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.773,74
    -1.656,80 (-1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.633,50
    +69,23 (+0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,98
    -1,89 (-2,40%)
     
  • OURO

    1.957,10
    +11,80 (+0,61%)
     
  • BTC-USD

    23.418,48
    +250,05 (+1,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    531,82
    +289,14 (+119,15%)
     
  • S&P500

    4.109,29
    +32,69 (+0,80%)
     
  • DOW JONES

    34.077,97
    -8,07 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    -10,59 (-0,14%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.356,50
    +204,50 (+1,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5515
    +0,0359 (+0,65%)
     

iPhone 14 vs ASUS Zenfone 9: qual é o topo de linha ideal? | Comparativo

O lançamento do Apple iPhone 14 não empolgou muitos usuários em 2022, e isso começou a fazer do Asus Zenfone 9 uma alternativa a se pensar no mercado brasileiro. Por isso, a equipe do Canaltech vai comparar os dois modelos para definir qual é o melhor.

A Apple e a ASUS são fabricantes de smartphones com representações completamente diferentes no mercado. A gigante de Cupertino é uma das mais populares no mundo, enquanto a taiwanesa segue lutando para reconquistar o seu tímido market share, que, segundo o Statcounter, não chega a 1%.

Porém, a divisão de mercado nem sempre define a melhor opção para o momento atual, já que o poder de compra influencia diretamente no processo. Quer saber quem ganha o embate entre o iPhone 14 e o Zenfone 9? Então, confira a resposta ao longo do comparativo.

Design e construção

  • Zenfone 9: 146.5 x 68.1 x 9.1 mm , 169 g;

  • iPhone 14: 146.7 x 71.5 x 7.8 mm, 172 g.

É notória a diferença visual que existe entre o Zenfone 9 e o iPhone 14. Apesar de serem modelos no formato "candybar" — o design padrão, mais reto —, o verso dos produtos altera por completo a sensação obtida ao tocá-los.

No verso do aparelho da Apple, foi aplicado o vidro para dar um aspecto mais premium a ele. Já a traseira do dispositivo da ASUS é toda em plástico texturizado, que, à primeira vista, dá a sensação de ser em veludo.

Mesmo que a intenção da taiwanesa seja proporcionar um toque mais suave, o material segue como uma opção vista com maior frequência em modelos intermediários. Afinal, quem compra um celular topo de linha, espera ter em mãos um modelo com as características físicas mais avançadas.

Para quem foca em segurança, o iPhone 14 segue com o leitor facial Face ID, enquanto a ASUS mantém a leitura de digitais como a sua principal biometria. Porém, uma vantagem do botão que faz esse processo é que ele possui o recurso “Zentouch”. Com isso, algumas funções complementares podem ser ativadas nas configurações para ampliar a experiência de uso.

iPhone 14 (Imagem: Ivo/Canaltech)
iPhone 14 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Tela

  • Zenfone 9: Super AMOLED de 5,9 polegadas com resolução Full HD+ (180 x 2400 pixels), 120 Hz;

  • iPhone 14: Super Retina XDR OLED de 6,1 polegadas com resolução Full HD+ (1170 x 2532 pixels), 60 Hz.

Quando o assunto é qualidade da tela, os dois celulares ficam quase empatados. O Zenfone 9 traz um painel Super AMOLED de 5,9, no qual há uma ótima qualidade visual para a visibilidade dos conteúdos.

Além disso, a empresa de Taiwan disponibilizou uma opção que permite o uso da frequência de maneira automática, ajustando para 120 Hz, 90 Hz ou 60 Hz. No entanto, a Apple segue disponibilizando o ProMotion apenas nos modelos da linha Pro, o que prende o iPhone 14 aos 60 Hz já extintos até mesmo em boa parte dos modelos Android de entrada.

Por outro lado, o iPhone 14 mantém a tela OLED de 6,1 polegadas, que é compacta, mas extremamente bonita. A qualidade da saturação e o nível de nitidez são melhores do que vemos no Zenfone 9.

ASUS Zenfone 9 (Imagem: Ivo/Canaltech)
ASUS Zenfone 9 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Configuração e desempenho

  • Zenfone 9: Qualcomm Snapdragon 8+ Gen 1 (1x3.19 GHz Cortex-X2 & 3x2.75 GHz Cortex-A710 & 4x1.80 GHz Cortex-A510);

  • iPhone 14: Apple A15 Bionic de 5 nm Hexa-core (2x 3,23 GHz Avalanche + 4x 1,82 GHz Blizzard).

O desempenho do iPhone 14 é o mesmo visto no iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max, pois a Maçã manteve o chipset A15 Bionic. Com isso, a maior vantagem para esse modelo não tem a ver com a velocidade, mas sim com a capacidade da GPU para jogos, que dá ainda mais folga nas jogatinas.

Porém, isso não serve para justificar o uso de hardware antigo no smartphone de 2022. Mesmo sabendo que a qualidade do chip é muito avançada, principalmente comparando com aparelhos Android, é uma decepção para o usuário que investe alto no iPhone.

Por outro lado, a ASUS seguiu o ritmo de evolução esperado para o ano de lançamento do Zenfone 9. Com isso, os usuários têm acesso ao Snapdragon 8+ Gen 1, que foi a plataforma mais avançada vista em modelos populares do ano passado. Assim, era possível rodar tudo no máximo, e até ter uma folga de performance maior do que o esperado para um flagship.

Câmeras

  • Zenfone 9: 50 MP (f/1.9, principal) + 12 MP (f/1.8, ultrawide); 12 MP (f/2.5, frontal);

  • iPhone 14: 12 MP (f/1.5, principal) + 12 MP (f/2.4, ultrawide); 12 MP (f/1.9, frontal).

O iPhone 14 traz um sensor de 12 MP em sua câmera principal, e ele dá conta do recado em ambientes bem iluminados. Porém, com pouca luz, as cores ficam opacas e muitos detalhes são perdidos, e o mesmo acontece na ultrawide e na frontal.

É uma pena ver que a Apple não conseguiu evoluir muito em relação ao ano passado, e apresenta alguns downgrades. Por isso, não dá para ignorar essa falha da empresa, já que muitos produtos conseguiram superar o aparelho nesse quesito.

Como é o caso do Zenfone 9. A principal de 50 MP entrega um ótimo nível de detalhes, e é competente no HDR, e vemos o mesmo resultado na ultrawide e na frontal. O principal ponto negativo fica por conta do modo retrato, que não surpreende em relação ao que vemos em outros modelos, e o pós-processamento da imagem é prejudicado pelo excesso de exposição.

Para filmagens, o celular da ASUS tem como vantagem a opção de super estabilidade. Logo, a experiência de gravação com ele se assemelha ao que observamos na GoPro. Mas, infelizmente, a empresa só liberou a função para gravações em Full HD a 60 fps ou 30 fps.

Fotos do Zenfone 9

Fotos do iPhone 14

Bateria

A bateria do iPhone 14 é menor, pois tem apenas 3.279 mAh, mas isso não é um demérito prático para o aparelho. A autonomia geral dele pode chegar a até 8 horas de tempo de tela ligada, e isso representa mais de 12 horas de uso.

O Zenfone 9, por sua vez, tem 4.300 mAh, mas a autonomia fica bem próxima do resultado apresentado pela Apple em seu aparelho. O modelo da ASUS ganha por algumas horas de uso, sendo necessário carregá-lo apenas uma vez por dia.

iPhone 14 vs Zenfone 9: qual vale mais a pena?

Não é novidade que o iPhone 14 é uma das alternativas mais atrativas para quem foca em ter um celular para uso a longo prazo. Afinal, o sistema iOS é mais estável, os recursos vastos e o desempenho geral acima dos concorrentes.

Apesar de a Apple ter usado uma estratégia nada funcional ao “reciclar” o chipset dos modelos iPhone 13 Pro e 13 Pro Max, é inegável que ainda há superioridade na tecnologia do hardware utilizado pela Maçã em relação ao modelo da Qualcomm.

iPhone 14 (Imagem: Ivo/Canaltech)
iPhone 14 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Em complemento a isso, as câmeras têm uma boa qualidade para o uso da maioria das pessoas, mesmo que sejam quase um repeteco do que vimos em 2021. Além disso, para redes sociais, o aparelho ainda é uma ótima alternativa com foco na criação de conteúdo.

No conjunto geral, o Zenfone 9 também tem os seus diferenciais, principalmente na autonomia, mas o iPhone 14 é uma opção de celular mais interessante por tudo que entrega, mesmo que isso afete o gasto para tal. O preço superior aos R$ 6 mil reais faz com que os usuários mais ativos da Apple e fãs do iOS optem pelo celular.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: