Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.204,36
    -70,62 (-0,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

iPhone 14 Plus tem pré-venda baixa e modelos Pro voam das prateleiras

Após ter revelado quatro modelos de iPhone na semana passada, a Apple deverá ter grande parte das vendas concentradas nos modelos Pro. A informação é do conhecido analista Ming-Chi Kuo, que deu mais detalhes das possíveis estimativas da marca.

Segundo comentado por ele, os modelos mais caros teriam não apenas uma demanda maior por parte do público, como uma expectativa maior de vendas por parte da Apple, que teria reservado a maior parte do potencial de fabricação para o iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max.

Portanto, a Apple estaria preparada para que 85% das vendas sejam dos modelos iPhone 14 Pro e Pro Max, que trouxeram grande parte das novidades para este ano. Os smartphones ganharam uma nova câmera principal, notch em formato de pílula com Dynamic Island e hardware renovado, enquanto iPhone 14 e iPhone 14 Plus seguiram com polimentos mais modestos em relação aos modelos de 2021.

iPhone 14 Plus estaria com reservas fracas

iPhone 14 Plus estaria com reservas mais fracas que iPhone 13 Mini na época de seu lançamento (Imagem: Divulgação/Apple)
iPhone 14 Plus estaria com reservas mais fracas que iPhone 13 Mini na época de seu lançamento (Imagem: Divulgação/Apple)

Além disso, o iPhone 14 Plus deve ser o menos demandado neste período inicial, com menos de 5% das vendas. Este celular chega como uma novidade na série, e é voltado para aqueles usuários que desejam um aparelho de dimensões maiores, mas sem precisar pagar a mais pelo poderoso Pro Max.

A marca ainda precisa consolidar a versão Plus, já que ela veio para substituir o iPhone 13 Mini, pouco popular em vendas. O tamanho mais compacto nunca ganhou o público, e sua bateria menor também foi identificada como um problema relevante.

Entretanto, Kuo já afirmou em outra postagem que a quantidade de reservas para o iPhone 14 Plus estaria “abaixo do esperado”. Com números ainda mais fracos que os registrados pelo iPhone 13 Mini, as linhas de produção podem ser reajustadas a curto prazo para favorecer ainda mais os modelos Pro.

De acordo com uma pesquisa realizada anteriormente pelo portal 9to5Mac, as intenções de compra apresentam uma proporção ainda mais polarizada. O levantamento aponta que 92% dos leitores pretendem adquirir um modelo Pro, enquanto apenas 2% escolheriam o iPhone 14 Plus.

Os valores levam em consideração apenas aqueles que querem comprar um iPhone atualizado, excluindo os 19% que não comprarão um novo celular neste ano.

Modelo tem dimensões de Pro Max, mas com preço mais baixo (Imagem: Divulgação/Apple)
Modelo tem dimensões de Pro Max, mas com preço mais baixo (Imagem: Divulgação/Apple)

Apesar desta diferença inicial, a tendência é que os modelos iPhone 14 e iPhone 14 Plus ganhem maior proporção de vendas a partir dos meses seguintes. Afinal, é quando o consumidor padrão tem sua proporção aumentada, em vez dos fãs da marca que fazem questão de obter os celulares da Apple logo no lançamento.

A linha iPhone 14 deve ter entregas iniciadas no dia 9 de setembro em vários países, com exceção do iPhone 14 Plus que chegará em 7 de outubro. Ainda não foram confirmadas datas para o lançamento dos modelos no Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: