Mercado abrirá em 8 h 26 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,33
    +0,76 (+1,16%)
     
  • OURO

    1.779,40
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    56.123,20
    -972,52 (-1,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.424,17
    -44,91 (-3,06%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.168,68
    +109,23 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    23.724,15
    +65,23 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    27.750,67
    -184,95 (-0,66%)
     
  • NASDAQ

    15.955,00
    +85,25 (+0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4182
    -0,0286 (-0,44%)
     

iPhone 14: o que esperar da maior evolução da Apple em anos

·4 min de leitura

Com o anúncio da linha iPhone 13 há poucos meses, a Apple agora se prepara para o anúncio da próxima série de smartphones. E conforme cada vez mais rumores começam a surgir com o passar do tempo, vazamentos trilham o caminho de expectativas a respeito do quais novidades podemos esperar para os novos iPhone 14.

(Imagem: Reprodução/Apple)
(Imagem: Reprodução/Apple)

iPhone 14 e 14 Max

Em seu próximo lançamento a Apple deve deixar de lado a aposta de smartphones compactos uma vez que as baixas vendas do iPhone 12 Mini e iPhone 13 Mini fizeram a empresa perceber que o investimento não tem retorno esperado, tarefa que deve ficar a cargo de um novo iPhone SE.

Com isso a marca pode adotar uma nova combinação para a dupla mais acessível consistindo no mesmo tamanho de tela da dupla mais cara. Assim, teríamos o iPhone 14 com tela de 6,1 polegadas e o iPhone 14 Max com tela de 6,7 polegadas.

(Imagem: Reprodução/Apple)
(Imagem: Reprodução/Apple)

Para reduzir os custos de fabricação, rumores indicam que esses modelos devem manter o mesmo entalhe presente na linha iPhone 13, com alto-falante entre a tela e a moldura, câmeras e sensores para Face ID condensados em um notch ligeiramente mais estreito.

Sem detalhes a respeito de sensores fotográficos, é provável que a Apple apresente os novos iPhone 14 e iPhone 14 Max com mesmo conjunto de duas câmeras traseiras aprimoradas, podendo enfim incluir um sensor LiDAR para reconhecimento espacial.

iPhone 14 Pro e 14 Pro Max

(Imagem: Ian Zelbo/Jon Prosser)
(Imagem: Ian Zelbo/Jon Prosser)

Já as maiores diferenças devem ficar para a dupla mais poderosa e mais cara. Segundo informações ainda muito preliminares do vazador Jon Prosser, a Apple irá mesclar o design clássico do iPhone 4 com o formato mais recente.

Tal combinação resultaria em câmeras alinhadas à tampa traseira de vidro, sem protuberância para lentes, além do já muito conhecido corpo mais quadrado e a volta dos botões de volume circulares.

(Imagem: Ian Zelbo/Jon Prosser)
(Imagem: Ian Zelbo/Jon Prosser)

Outra enorme mudança ficaria para o painel frontal sem notch largo e com apenas um entalhe circular centralizado para abrigar uma câmera frontal.

Todos os sensores de reconhecimento facial do Face ID seriam movidos para baixo do display, eliminando a necessidade de um largo recorte na tela e atualizando ainda mais o visual dos iPhones.

O fim dos sensores de 12 MP

(Imagem: Reprodução/Apple)
(Imagem: Reprodução/Apple)

A Apple vem utilizando sensores de 12 MP em seus smartphones desde o lançamento do iPhone 6s e iPhone 6s Plus em 2015. E eles enfim serão aposentados depois de 7 anos.

Sensores de 12 MP ainda são muito utilizados atualmente pela versatilidade: eles possuem resolução suficiente para fotos e vídeos em 4K e apresentam excelentes resultados ano após ano.

(Imagem: Reprodução/Apple)
(Imagem: Reprodução/Apple)

Mas para oferecer resolução 8K a Apple precisará de resoluções maiores, e por isso a empresa deve saltar diretamente para um poderoso sensor de 48, 50 ou até mesmo 108 MP, o que dará ainda margem para outras melhorias em fotos e vídeos.

Desempenho superior em capturas noturnas e em baixa luz também é esperado, bem como o uso da tecnologia Sensor Shift de estabilização de imagem pelo sensor fotográfico para mínima distorção.

Novo chip Apple A16 Bionic com 4 nm

(Imagem: Reprodução/Apple)
(Imagem: Reprodução/Apple)

Em 2020 a Apple apresentou o chipset A14 Bionic estreando a complexa e eficiente litografia de 5 nanômetros. Este ano a empresa estreou o A15 Bionic com uma versão atualizada da litografia, resultando em números ainda maiores que o ano anterior.

Para 2022 é esperado que a Apple anuncie os novos iPhone 14 com processador A16 Bionic de 4 nanômetros em processo desenvolvido pela TSMC.

(Imagem: Reprodução/Apple)
(Imagem: Reprodução/Apple)

Embora detalhes de performance ainda sejam um mistério, é esperado que o chipset apresente melhorias em todas as áreas, incluindo desempenho, processamento de imagens, Neural Engine, ainda menor consumo de energia, maior duração de bateria e assim por diante.

Com os enormes avanços em processamento gráfico dos chips M1 Pro e M1 Max, é provável que a Apple também prepara o novo A16 Bionic com núcleos gráficos mais avançados para o iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max.

Quando será o iPhone 14 anunciado?

Ainda estamos longe do período em que a Apple costuma apresentar seus smartphones, então é difícil cravar uma data exata. Porém, caso não tenhamos nenhum imprevisto como aconteceu em 2020, o mais provável é que o evento para apresentação da linha iPhone 14 aconteça em algum momento das primeiras duas semanas de setembro, com início das vendas ainda no mesmo mês em locais selecionados.

Mais novidades devem surgir dentro dos próximos meses e este artigo será atualizado com frequência com base nas informações mais recentes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos