Mercado abrirá em 1 h 15 min
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,04
    -0,92 (-1,11%)
     
  • OURO

    1.779,60
    +9,10 (+0,51%)
     
  • BTC-USD

    63.874,68
    +1.657,84 (+2,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,46
    +17,11 (+1,17%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.220,95
    +3,42 (+0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.404,00
    +5,50 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5052
    +0,0090 (+0,14%)
     

iPhone 13 Pro: módulo maior de câmeras quase impede uso do MagSafe Duo

·2 minuto de leitura

A Apple pode estar diante de um problema estrutural importante na recém lançada linha iPhone 13, mais especificamente no modelo Pro. De acordo com o portal La Manzana Mordida, o módulo de câmeras traseiras ficou tão grande que o MagSafe Duo não encaixa perfeitamente, deixando uma parte da tampa traseira sem contato com o carregador sem fio.

Incompatibilidade acontece apenas com o modelo iPhone 13 Pro (Imagem: La Manzana Mordida)
Incompatibilidade acontece apenas com o modelo iPhone 13 Pro (Imagem: La Manzana Mordida)

O teste não foi feito com um aparelho, até porque eles ainda não começaram a ser entregues — as primeiras unidades deverão ser enviadas a partir da próxima sexta-feira (24). Por isso, o problema foi descoberto por meio de uma capinha protetora, que traz um compartimento pensado para o módulo de câmeras da nova geração. A situação é específica para o modelo iPhone 13 Pro, já que o iPhone 13 Pro Max traz uma tampa traseira maior, e as variantes iPhone 13 e iPhone 13 mini vêm com módulo de câmeras mais compacto.

O MagSafe Duo foi lançado junto com os outros carregadores sem fio da Apple, no final de 2020. Ele traz como objetivo principal carregar dois dispositivos ao mesmo tempo, como um iPhone e um estojo dos AirPods, por exemplo. Porém, para isso ele traz uma construção mais larga do que o MagSafe tradicional, e justamente por isso que os problemas estruturais acontecem.

Problema poderá afetar capacidade de carregamento sem fio (Imagem: La Manzana Mordida)
Problema poderá afetar capacidade de carregamento sem fio (Imagem: La Manzana Mordida)

Porém, de acordo com os relatos publicados pelo usuário, apesar de o encaixe não ser perfeito, o carregamento acontece normalmente — ele conseguiu fazer o teste com uma unidade do iPhone 12 Pro colocado de forma improvisada dentro da capinha do modelo mais novo. Só será possível ter certeza do funcionamento correto depois das primeiras entregas acontecerem, quando será possível fazer os primeiros testes para conferir se a velocidade de carregamento permanecerá a mesma, e sem problemas de contato.

Foi registrado neste mês que a Apple teve um novo carregador MagSafe testado no FCC — agência de regulamentação americana de atuação similar à Anatel. Por conta disso, alguns rumores indicavam que a marca teria planos de lançar um novo acessório desse tipo junto com a linha iPhone 13, mas as informações não se concretizaram, sendo apresentadas apenas uma nova carteira MagSafe e capas protetoras compatíveis com o sistema de recarga magnética.

De qualquer forma, é possível que usuários do novo iPhone 13 Pro tenham essa péssima surpresa ao tentar utilizar o MagSafe Duo. E, mesmo que a Apple resolva lançar um novo carregador compatível, certamente não será agradável ter que substituir um produto que custa R$ 1.699, após menos de um ano de uso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos