Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    47.444,65
    +834,20 (+1,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7577
    +0,0188 (+0,28%)
     

iPhone 13 pode ter modo Always On Display e imãs mais fortes para o MagSafe

Felipe Demartini
·2 minuto de leitura

O iPhone 13 pode chegar ao mercado com a tecnologia Always-On Display, capaz de exibir informações aos usuários mesmo com a tela bloqueada. A ideia é que os novos modelos da Apple mostrem o horário, a porcentagem restante da bateria e algumas notificações selecionadas mesmo quanto o aparelho estiver travado, com apenas uma pequena parte da tela sendo ativada enquanto o restante permanece apagado.

Para quem está acompanhando o mercado, essa é uma tecnologia semelhante à que aparece em aparelhos de topo de linha da Samsung; e isso não é uma coincidência, já que a marca coreana estaria fornecendo tais telas para a rival. De acordo com os rumores, o iPhone 13 chegaria ao mercado com os displays de óxido policristalino de baixas temperaturas, ou LTPO, na sigla em inglês que é usada para se referir à novidade.

Os rumores foram ouvidos por dois veículos da imprensa internacional e fazem parte de uma fogueira que, com a chegada de 2021, já começa a se acender. A parceria entre Apple e Samsung não é novidade no mundo mobile, com a fabricante coreana sendo uma das fornecedoras de componentes para a Maçã, mas não deixa de ser um bocado inusitada a ideia de que a companhia também estaria trabalhando para levar o recurso das telas LTPO à sua principal rival. Nenhuma das duas, claro, se pronunciou sobre o assunto.

<em>Always-On Display exibe informações mesmo com a tela bloqueada, acendendo apenas uma parte do display; Samsung estaria fornecendo tecnologia para a Apple (Imagem: Divulgação/Samsung)</em>
Always-On Display exibe informações mesmo com a tela bloqueada, acendendo apenas uma parte do display; Samsung estaria fornecendo tecnologia para a Apple (Imagem: Divulgação/Samsung)

O silêncio também vale para outros rumores de recursos inéditos ou mudanças que chegariam ao iPhone 13. Segundo os boatos, o modelo teria um modo dedicado apenas a fotografias do céu e de estrelas, chamado Astro, que detectaria automaticamente esse tipo de uso e ajustaria suas configurações de contraste e captação de luz para entregar a melhor qualidade possível nas imagens.

O novo smartphone da Apple também resolveria uma reclamação de alguns usuários das versões atuais trazendo imãs MagSafe mais fortes de forma a evitar a desconexão de acessórios durante a utilização, enquanto o app de Saúde ganharia incrementos com a capacidade do Apple Watch de avaliar a quantidade de açúcar no sangue dos usuários. Por fim, os AirTags, rastreadores Bluetooth que podem ser colados em chaves, carteiras e outros aparelhos pessoais, podem ser lançados entre março e abril.

A expectativa, como sempre, é sim de uma nova geração do iPhone e do Apple Watch ainda neste ano, com os rumores mais fortes apontando para revelações no segundo semestre. Entretanto, não há nada confirmado ainda e, como sempre, a Maçã marca seus eventos de revelação com apenas algumas semanas de antecedência, não sendo possível nem mesmo prever exatamente quando as novidades serão mostradas, quanto mais lançadas ao público.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: