Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.377,92
    -89,57 (-0,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

iPhone 12 perde menos valor de mercado que o 11, afirma estudo

·2 minuto de leitura
iPhone 12 perde menos valor de mercado que o 11, afirma estudo
iPhone 12 perde menos valor de mercado que o 11, afirma estudo

Um estudo da SellCell aponta que o iPhone 12 perdeu menos valor, em um período de seis meses após seu lançamento, do que o iPhone 11. Segundo o relatório, os novos modelos da Apple perderam, em média, 34,5% do preço original em um espaço de um semestre, enquanto o antecessor, na mesma faixa de tempo, ficou 43,8% mais barato. No total, a taxa de desvalorização do iPhone 11 foi de 9,3% a menos do que o sucessor.

Separando a análise por modelo, o iPhone 12 Mini foi o que mais perdeu valor entre os novos celulares, tendo 41% do preço depreciado após seis meses. Outros modelos recuperaram boa parte do seu preço de varejo ao longo do biênio 2020/21, embora tenham visto quedas significativas no primeiro mês. O iPhone 12 Pro Max, por exemplo, perdeu 49,2% do valor no mês inicial, mas em seis meses, restaurou 20,3% do preço original. Em números absolutos, o modelo premium saiu a US$ 1.299, caiu para US$ 600 após o primeiro mês e subiu para US$ 810 depois do primeiro semestre.

Gráfico mostra taxa de desvalorização no preço do iPhone 12
Gráfico mostra taxa de desvalorização no preço do iPhone 12

Taxa de desvalorização no preço do iPhone 12 (Reprodução/SellCell)

À época do lançamento do iPhone 11, em setembro de 2019, o modelo mais barato foi o que menos se desvalorizou, com uma perda de apenas 31,7% após um mês de mercado contra 49,2% do iPhone 11 Pro. Após 21 meses, a tendência segue a mesma: em comparação ao preço de varejo, o iPhone 11 perdeu 49,1% do valor; já o Pro, 56,9%.

Gráfico mostra taxa de desvalorização no preço do iPhone 12
Gráfico mostra taxa de desvalorização no preço do iPhone 12

Taxa de desvalorização no preço do iPhone 11 (Reprodução/SellCell)

Disputa com Samsung

Nos primeiros três meses após o lançamento, no entanto, os números de iPhone 11 e 12 tiveram depreciações iguais, com ambas as linhas perdendo 40,1% de seu preço original. O iPhone 11, apesar do desnível de desempenho no primeiro semestre de avaliação, estabilizou sua taxa de depreciação, alternando entre 52,4% e 53,6% no ano de 2021.

Já quando comparado com modelos de outras marcas, o iPhone 12 também perde menos valor. De acordo com estudos anteriores da SellCell, o modelo mais recente da Apple reteve seu valor em 20% a mais do que o Samsung Galaxy S21 — os números delimitados sempre em comparação à data de lançamento. A marca sul-coreana também parece estar em desvantagem com o público no confronto, com 26% da sua base de consumidores dispostos a trocar de marca na próxima virada de atualização.

Via Sellcell

Imagem: Jack Skeens/Shutterstock

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos