Mercado fechado

iPhone 12 | 6 coisas que a Apple não contou sobre seus novos celulares

Diego Sousa
·7 minutos de leitura

A Apple oficializou nesta semana quatro modelos do iPhone 12 com muitas melhorias em construção, design, câmeras e desempenho quando comparado com a geração passada. No entanto, como sempre acontece em seus lançamentos, alguns detalhes dos dispositivos não foram revelados pela Maçã. Pensando nisso, listamos nos próximos parágrafos seis coisas que a Apple não contou sobre o iPhone 12.

A Apple mostrou muitas novidades do iPhone 12, mas o que ela não te contou? (Foto: Divulgação/Apple)
A Apple mostrou muitas novidades do iPhone 12, mas o que ela não te contou? (Foto: Divulgação/Apple)

Tela com 60 Hz

Talvez uma das principais tendências nos smartphones de 2020, tela com taxa de atualização mais alta era uma das novidades mais esperadas pelos usuários do iPhone 12, já que basicamente todos os seus concorrentes Android já utilizam o recurso em seus displays que aumenta a fluidez nas animações e nos conteúdos reproduzidos.

No entanto, os quatro modelos do iPhone 12 mantiveram suas telas atualizando em até 60 Hz, padrão que ficou pouco usado entre os smartphones topos da linha lançados depois de 2019. De fato, a Apple não explicou o motivo da ausência, mas vazamentos antes do lançamento indicaram que a empresa estaria com problemas para obter as controladoras necessárias para incluir o recurso em seus próximos celulares.

iPhone 12 mini conta com tela de 5,4 polegadas e painel OLED (Foto: Divulgação/Apple)
iPhone 12 mini conta com tela de 5,4 polegadas e painel OLED (Foto: Divulgação/Apple)

Além disso, graças a diminuição da capacidade de bateria em relação ao iPhone 11 — vamos comentar mais sobre isso abaixo —, a Apple teve que decidir entre 5G e tela com 120 Hz, pois incluir os dois juntos no iPhone 12 resultaria em um consumo de energia muito maior.

Apesar de não contar com tela de 120 Hz de frequência, todos os modelos do iPhone 12 possuem painel OLED, o que é uma evolução muito bem-vinda em relação à geração passada, que incluiu um display LCD na versão mais básica. Eles também contam com suporte a HDR, True Tone, brilho máximo de 1.200 nits e revestimento resistente a impressões digitais e oleosidade.

A expectativa para o futuro iPhone 13 (nome não oficial) é que a atualização em até 120 Hz esteja presente de forma variável, ou seja, adaptando a atualização da tela ao conteúdo em exibição — por exemplo, 24 quadros por segundo em filmes, 30 fps em vídeos online etc.

Bateria menor, embora melhor

A Apple não tem o costume de divulgar a capacidade exata da bateria dos seus aparelhos, mas a mídia especializada já vem tentando decifrar essa informação baseada nos próprios dados da empresa.

Ao que parece, houve uma ligeira diminuição no tamanho da bateria de todos os modelos do iPhone 12 quando na comparação com a geração atual. Isso não chega a ser um ponto totalmente negativo, já que o chipset dos novos aparelhos gasta menos energia que aquele usado na linha iPhone 11.

Supostas capacidades das baterias dos novos iPhone 12 (Foto: Reprodução/PhoneArena)
Supostas capacidades das baterias dos novos iPhone 12 (Foto: Reprodução/PhoneArena)

O iPhone 12 mini, modelo mais básico da nova geração, deve contar com uma bateria de 2.227 mAh, o que é cerca de 20% maior que a do iPhone SE (2020), mas menor que os iPhone X, XR e XS. Segundo a Maçã, o smartphone alcança até 15 horas de reprodução de vídeo offline e até 10 horas em streaming (Netflix, por exemplo).

Em seguida, há os iPhone 12 e 12 Pro com baterias de 2.775 mAh cada. Segundo a Apple, isso garante até 17 horas de reprodução de vídeo e até 11 horas de streaming de vídeo.

Naturalmente, o iPhone 12 Pro Max tem a maior capacidade da linha com 3.687 mAh, cerca de 200 mAh a menos que o iPhone 11 Pro Max. Na prática, a Apple garante até 20 horas de reprodução de vídeo e até 12 horas de streaming de vídeo.

Ainda não é possível determinar se, de fato, o chipset mais otimizado fará uma diferença muito grande na autonomia dos novos aparelhos, mas a promessa é de durar mais tempo longe da tomada, mesmo com capacidades reduzidas.

Mais memória RAM

Assim como a capacidade de bateria, a quantidade de memória RAM não é um detalhe comentado pela Apple durante seus lançamentos — o que faz um certo sentido, já que a otimização de sistema e aplicativos faz com que tudo seja aberto com muita rapidez e fluidez.

No entanto, como nada passa batido, ainda mais se tratando de iPhone, eis as quantidades de RAM de todos os modelos do iPhone 12, cortesia do site especializado em Apple MacRumors:

  • iPhone 12 e iPhone 12 mini: 4 GB

  • iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max: 6 GB

Como podemos observar, houve um aumento de 2 GB nas versões Pro e Pro Max do iPhone em comparação com a geração anterior, que possuem 4 GB de RAM. Já as opções mais "baratas" herdaram os números dos iPhone 11.

Carregamento (rápido) sem fio

Uma das novidades do iPhone 12 é o suporte a carregamento sem fio. O anúncio veio com o revival da marca MagSafe e seu acessório de carregamento magnético, originalmente usado pelos notebooks MacBook, capaz de recarregar os novos iPhones usando um conjunto de ímãs que se prende à traseira dos smartphones.

Carregamento sem fio MagSafe funciona em até 15 W (Foto: Divulgação/Apple)
Carregamento sem fio MagSafe funciona em até 15 W (Foto: Divulgação/Apple)

O que você — provavelmente — não sabia é que, se pretende recarregar o iPhone 12 com 15 W de potência, será preciso comprar o acessório MagSafe Charger, que custa US$ 39 (R$ 215 em conversão direta) ou o MagSafe Charger Duo, ainda sem preço divulgado. Caso queira carregar o smartphone em outros carregadores sem fio, porém, a potência diminui para 7,5 W.

Diminuição no preço dos acessórios

Como você já deve ter visto, a Apple decidiu retirar o carregador e os fones de ouvido da caixa de seus smartphones, e isso inclui não só os novos iPhone 12, mas também os iPhone SE (2020), iPhone XR e iPhone 11.

Para não deixar o consumidor "desamparado", a Apple reajustou os preços dos acessórios em suas lojas online, inclusive no Brasil: por aqui, a fonte com porta USB-C de 20 W sai por R$ 219, o mesmo preço praticado pelo de carregador de 5 W. Os fones de ouvido EarPods com porta Lightning também custam R$ 219.

Já nos Estados Unidos, tanto o carregador de 20 W quanto os fones de ouvido EarPods com porta Lightning custam US$ 19 (R$ 100).

Infelizmente, a diminuição no Brasil ocorreu apenas com os acessórios que eram para vir na embalagem dos smartphones, uma vez que os AirPods Pro e AirPods de 2ª geração sofreram um aumento bem grande por aqui. Confira abaixo:

  • AirPods 2ª geração com estojo: de R$ 1.349 para R$ 1.899;

  • AirPods 2ª geração com estojo wireless: de R$ 1.679 para R$ 2.349;

  • AirPods Pro: de R$ 2.249 para R$ 2.999.

Com o lançamento dos novos iPhone 12, a Apple também aumentou os preços dos iPhones mais antigos no Brasil, casos de iPhone SE (2020), iPhone XR e iPhone 11, embora tenha diminuído nos EUA.

Zoom "óptico" de até 5x

As câmeras do iPhone 12 possuem diversas melhorias em relação à geração passada, entre elas o aumento do zoom óptico para 2x no iPhone 12 Pro e 2,5x no iPhone 12 Pro Max. Durante o evento, no entanto, a Apple usou o termo "alcance de zoom óptico", alegando até 4x e 5x de aproximação, respectivamente.

Alcance de zoom óptico do iPhone 12 Pro Max chega a até 5x, mas na realidade é de apenas 2,5x (Foto: Divulgação/Apple)
Alcance de zoom óptico do iPhone 12 Pro Max chega a até 5x, mas na realidade é de apenas 2,5x (Foto: Divulgação/Apple)

Acontece que a conta da Apple inclui todas as lentes, inclusive a ultra grande-angular, diferente de outras fabricantes que contam a partir da lente principal (grande-angular). Ou seja, da lente de ângulo mais aberto (ultra grande-angular) até a lente de ângulo mais fechado (telefoto), há um zoom de 4x no iPhone 12 Pro e 5x no iPhone 12 Pro Max.

Se formos contar de maneira "tradicional" — por exemplo, da lente principal para a telefoto —, o alcance será de 2x e 2,5x, respectivamente. Para comparação, o Huawei P40 Pro conta com um zoom óptico de 5x, sem contar com a ultra grande-angular. O Galaxy S20 Ultra, por sua vez, oferece até 4x de zoom óptico nas mesmas condições.

Assistiu ao evento de lançamentos dos iPhone 12 e ficou com a sensação da Apple não ter te contado alguma coisa? Conte-nos abaixo, nos comentários!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: