IPCA de dezembro é o maior para o mês desde 2004

A alta de 0,79% na inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em dezembro foi a maior taxa para o mês desde 2004, quando ficou em 0,86%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira.

Em dezembro de 2011, a inflação tinha sido de 0,50%. Como resultado, o índice acumulado em 2012 fechou em 5,84%, superando o centro da meta estipulada pelo governo, de 4,5%. No entanto, ainda ficou abaixo do IPCA acumulado em 2011, que foi de 6,50%.

O grupo despesas pessoais registrou a maior variação em 2012 dentro da inflação, com alta de 10,17%. Na direção oposta, os Transportes tiveram a menor variação entre os grupos, com aumento acumulado de apenas 0,48% em 2012.

Entre os demais grupos, Alimentação e bebidas teve alta de 9,86%; Habitação, de 6,79%; Artigos de residência, de 0,84%; Vestuário, de 5,79%; Saúde e cuidados pessoais, de 5,95%; Educação, de 7,78%; e Comunicação, de 0,77%.

Carregando...