Mercado abrirá em 7 h 19 min
  • BOVESPA

    106.924,18
    +1.236,18 (+1,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.579,90
    +270,60 (+0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,45
    -2,04 (-1,85%)
     
  • OURO

    1.805,20
    -3,00 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    30.411,43
    +805,29 (+2,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    682,74
    +1,63 (+0,24%)
     
  • S&P500

    4.023,89
    +93,81 (+2,39%)
     
  • DOW JONES

    32.196,66
    +466,36 (+1,47%)
     
  • FTSE

    7.418,15
    +184,81 (+2,55%)
     
  • HANG SENG

    19.899,19
    +0,42 (+0,00%)
     
  • NIKKEI

    26.542,85
    +115,20 (+0,44%)
     
  • NASDAQ

    12.317,00
    -65,75 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2558
    -0,0033 (-0,06%)
     

IPCA-15 tem maior inflação para abril em 27 anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.02.2019 - Still de mãos segurando uma calculadora. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.02.2019 - Still de mãos segurando uma calculadora. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A inflação medida pelo IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15) acelerou para 1,73% em abril.

É a maior variação para o mês desde 1995 (1,95%), informou nesta quarta-feira (27) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em março, o IPCA-15 havia subido 0,95%.

Mesmo com a disparada, o resultado de abril veio abaixo das estimativas do mercado financeiro. Na mediana, analistas consultados pela agência Bloomberg projetavam avanço de 1,84%.

Com a entrada dos novos dados de abril, o IPCA-15 passou a acumular alta de 12,03% em 12 meses. Até março, estava em 10,79%.

O índice oficial de inflação no Brasil é o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), também divulgado pelo IBGE.

Como a variação do IPCA é calculada ao longo do mês de referência, o dado de abril ainda não está fechado. Será conhecido no dia 11 de maio.

O IPCA-15, pelo fato de ser divulgado antes, sinaliza uma tendência para os preços. O indicador prévio costuma ser calculado entre a segunda metade do mês anterior e a primeira metade do mês de referência da divulgação.

Neste caso, os preços foram coletados entre 17 de março e 13 de abril. Isso significa que o índice captou reflexos econômicos da fase inicial da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Com o conflito no Leste Europeu, houve disparada das cotações do petróleo no mercado internacional, o que levou a Petrobras a promover um mega-aumento nos preços de combustíveis nas refinarias em 11 de março.

No acumulado de 12 meses, o IPCA-15 está bem acima da meta de inflação perseguida pelo BC (Banco Central) para o IPCA.

O centro da medida de referência é de 3,50% em 2022. Já o teto foi definido em 5%.

Analistas do mercado financeiro projetam estouro da meta em 2022, o que significaria o segundo ano consecutivo de descumprimento.

A alta prevista pelo mercado para o IPCA é de 7,65% até dezembro, de acordo com a mediana do boletim Focus, publicado pelo BC. Há instituições financeiras que projetam avanço ainda maior, na faixa de 8%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos