Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,41
    +0,05 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.784,10
    -1,40 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    50.411,88
    -316,57 (-0,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.319,59
    +14,47 (+1,11%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    28.847,93
    -12,69 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    16.381,50
    -10,75 (-0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2769
    +0,0028 (+0,04%)
     

IPCA-15 de Novembro sobe 1,17%.

·2 min de leitura

O IPCA-15 de novembro foi o mais alto desde 2002. Com mais esse aumento, o indicador acumula alta de 10,73% em 12 meses.

Com mais esse aumento fica a dúvida? Será que a inflação está perdendo força ou não?

Aumento de Novembro vem abaixo de Outubro

Em Outubro o IPCA-15 registrou valorização de 1,20%, portanto, há sim, uma retração no aumento da inflação em novembro.

Isso sugere uma estabilização ou até redução da inflação para os próximos períodos. Porém, como a taxa ainda é elevada e existem expectativas de mais aumentos nos preços, nos próximos meses, a previsibilidade da inflação vem se deteriorando.

Em outras palavras, boas notícias que a inflação não veio tão alta, mas ainda sim, é uma taxa preocupante.

Vale destacar que mesmo com a divulgação do IPCA-15, o Ibovespa registrou alta hoje, alcançando valorização de 1,24%.

Já o USD/BRL fechou o dia em queda de 0,73% e o ouro (OZ1D) por sua vez fechou em queda de 0,38%.

Como hoje foi feriado de ação de graças nos Estados Unidos, não houve pregão por lá. Amanhã o pregão acontece, mas só meio período.

Renda fixa continua interessante

Por mais que a bolsa esteja reagindo, os mercados por aqui ainda vão permanecer voláteis. As expectativas com relação à inflação e ao PIB ainda estão se deteriorando e isso pode comprometer o bom humor dos investidores.

Essa retração ou estagnação pode ajudar os investidores a se posicionar na renda variável. Existem várias ações a preços interessantes e inclusive fundos imobiliários.

Além disso, os ETF (fundo de índices) vem se mostrando uma forma bem inteligente de investir e manter parte do patrimônio alocado em renda variável.

Com o intuito de reduzir a volatilidade da carteira, é interessante investir em ouro e dólar também.

As criptomoedas vêm ganhando espaço e, portanto, podem se consolidar como mais uma alternativa interessante de investimento.

Mas ainda sim, como os juros estão em alta e a inflação continua registrando valores elevados, é provável que o juro alcance os dois dígitos em 2022.

Portanto, nada mais razoável do que considerar o investimento em renda fixa. Dentre as opções há várias, principalmente por meio dos bancos menores.

Sempre lembrando que todo investimento merece cuidados, não há nada garantido. Por mais que haja sistemas ou instituições oferecendo algum nível de proteção, os investimentos têm risco e devem ser muito bem avaliados.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos