IPC-S sobe 0,73% na 3ª quadrissemana do mês, diz FGV

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) fechou a terceira quadrissemana de dezembro - período que compara a variação média dos preços nas últimas quatro semanas com a média das quatro semanas imediatamente anteriores - com alta de 0,73%. A variação do IPC-S na terceira quadrissemana do mês é a mesma registrada na segunda quadrissemana, informou na manhã desta quarta-feira a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A abertura do índice mostra que cinco dos oito grupos que compõem o IPC-S desaceleraram a alta nos seus respectivos preços: a Habitação passou de 0,74% para 0,64%; Educação, Leitura e Recreação, de 1,18% para 0,92%; Saúde e Cuidados Pessoais, de 0,49% para 0,44%; Vestuário saiu de 0,90% para 0,80%; e Comunicação, de 0,04% para 0,03%. O grupo Alimentação teve seus preços aumentados em 1,31%, em média, ante variação de 1,23% na segunda quadrissemana. O grupo Transportes subiu de 0,15% para 0,30% e o item Despesas Pessoais subiu 1,24% ante 0,86% na leitura anterior.

Os destaques foram hortaliças e legumes, cuja variação média dos preços avançou 1,28% na terceira quadrissemana ante alta de 0,64% na segunda. Depois veio a gasolina, que subiu 0,20% ante uma queda de 0,16%, e cigarros, que ficaram 3,12% mais caros depois de terem subido 2,07% na segunda quadrissemana.

Carregando...