Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.612,39
    -1.456,16 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.092,21
    +366,25 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,68
    -0,33 (-0,46%)
     
  • OURO

    1.800,50
    +2,50 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    17.224,61
    +420,68 (+2,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    405,99
    +11,30 (+2,86%)
     
  • S&P500

    3.954,30
    +20,38 (+0,52%)
     
  • DOW JONES

    33.688,36
    +90,44 (+0,27%)
     
  • FTSE

    7.472,17
    -17,02 (-0,23%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.597,00
    +87,50 (+0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4976
    +0,0312 (+0,57%)
     

IPC-S passa a subir 0,02% em setembro após dois meses de quedas, mostra FGV

Frentista abastece veículo em posto de combustível no Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou variação positiva de 0,02% em setembro, deixando para trás uma queda de 0,57% no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Com isso, o índice passou a acumular avanço de 5,13% nos 12 meses até setembro, de uma alta de 6,62% em agosto.

Após dois meses de deflação do IPC-S, dados da FGV mostram que, no mês, a queda nos custos de Transportes perdeu força, com recuo de 2,63% ante deflação de 3,56% em agosto.

A maior taxa em setembro foi registrada por Educação, Leitura e Recreação, de 4,36%, acelerando com força ante alta de 0,46% no mês anterior. Os custos de Habitação, por sua vez, avançaram 0,40%, depois de recuo de 0,09% em agosto.

Por outro lado, Alimentação teve queda de 0,29% nos preços, de um aumento de 0,07% em agosto.

(Por Camila Moreira)