Mercado fechado

IPC-Fipe sobe 1,12% em setembro com alimentação

·1 minuto de leitura

Também subiram mais Despesas Pessoais, Transportes e Vestuário A inflação na cidade de São Paulo acelerou pela nona semana consecutiva e encerrou o mês de setembro em 1,12%, vindo de um processo de ampliação das altas que teve seu piso na terceira medição de julho, em 0,22%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Na terceira leitura de setembro, o indicador tinha avançado 1,07%. Em agosto, houve inflação de 0,78%. Em setembro de 2019, o IPC da Fipe ficou em 0,00%. Das sete classes de despesa que compõem o indicador, cinco mostraram avanço maior em relação à leitura imediatamente anterior: Alimentação (1,87% para 2,15%), Transportes (0,75% para 0,82%), Despesas Pessoais (1,35% para 1,66%), Vestuário (0,42% para 0,67%) e Educação (0,00% para 0,01%). Com desaceleração no ritmo de alta entre a terceira medição e a leitura final de setembro, apareceram Habitação (0,85% para 0,64%) e Saúde (0,41% para 0,07%). Free-Photos/Pixabay