Mercado fechará em 4 h 21 min
  • BOVESPA

    110.253,95
    +113,31 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.874,91
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,99
    +0,11 (+0,14%)
     
  • OURO

    1.894,10
    -36,70 (-1,90%)
     
  • BTC-USD

    23.383,78
    -503,15 (-2,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,07
    -2,79 (-0,52%)
     
  • S&P500

    4.146,26
    -33,50 (-0,80%)
     
  • DOW JONES

    33.981,98
    -71,96 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.859,56
    +39,40 (+0,50%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.572,50
    -274,25 (-2,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5384
    +0,0487 (+0,89%)
     

IPC-Fipe sobe 0,54% em dezembro e fecha 2022 com alta de 7,32%, pressionado por Alimentos

Mercado em São Paulo

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo acelerou a alta em dezembro 0,54% e encerrou 2022 com avanço acumulado de 7,32% informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta quinta-feira.

A inflação acumulada no ano passado ficou abaixo da taxa de 9,73% vista em 2021. Em novembro o índice havia subido 0,47%.

No ano passado, o destaque ficou para a disparada de 14,74% dos custos de Alimentação. Já os preços de Vestuário e Despesas Pessoais saltaram respctivamente 11,49% e 10,82%.

O maior impacto no último mês do ano foi exercido por Alimentação, com alta de 1,07% dos preços sobre novembro. Também pesaram com força as Despesas Pessoais, cujos custos subiram 0,75%.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

(Por Camila Moreira)