Mercado fechado

IPC-S acelera para 0,70% na 3ª medição de setembro

Valor
·2 minutos de leitura

Maior contribuição foi do grupo Educação, Leitura e Recreação, puxado por passagem aérea O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) voltou a acelerar, para 0,70%, nos 30 dias até o fim da terceira semana de setembro, vindo de 0,58% na leitura imediatamente anterior, a segunda do mês, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório. Nesta apuração, cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação (1,16% para 2,21%). Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item passagem aérea, cuja taxa passou de 16,11% para 26,97%. A taxa de variação de passagem aérea passou de 16,11% para 26,97% Jorge William/Agência O Globo Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos Alimentação (1,20% para 1,39%), Vestuário (-0,47% para -0,34%), Comunicação (0,01% para 0,03%) e Habitação (0,49% para 0,50%). Nestas classes, vale destacar arroz e feijão (5,04% para 8,01%), tecidos e armarinho (-0,62% para -0,12%), mensalidade para TV por assinatura (0,05% para 0,18%) e aparelho telefônico celular (-0,47% para 0,29%). Em contrapartida, apresentaram recuo em suas taxas de variação os grupos Saúde e Cuidados Pessoais (-0,42% para -0,49%), Transportes (1,05% para 1,03%) e Despesas Diversas (0,26% para 0,25%). Nestas classes de despesa, vale citar medicamentos em geral (0,32% para 0,11%), pneu para automóvel (1,02% para 0,08%) e cigarros (0,61% para 0,29%). O indicador foi calculado com base nos preços coletados entre 23 de agosto e 22 de setembro comparados aos de 23 de julho a 22 de agosto. Amanhã, serão divulgados os dados segmentados por capital pesquisada. A próxima apuração do IPC-S, relativa ao mês de setembro fechado, será divulgada no dia 1º de outubro, com segmentação regional no dia seguinte.