Mercado fechado

IPC-S acelera em 4 capitais e recua em 3 na 1ª medição de março

Valor

Houve maior alta de preços, recuo da deflação ou virada para inflação em Salvador, Brasília, Recife e Rio A manutenção do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) em -0,01% na primeira leitura de março, igual à imediatamente anterior, do fechamento de fevereiro, é resultado da aceleração da inflação em quatro capitais e desaceleração em três, das sete pesquisadas, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório.

Houve maior alta de preços, recuo da deflação ou virada para inflação, em relação à medição imediatamente anterior, em Salvador (0,00% para 0,14%), Brasília (-0,15% para -0,04%), Recife (-0,01% para 0,01%) e Rio de Janeiro (0,03% para 0,08%).

Tiveram recuo na inflação ou maior deflação Belo Horizonte (-0,11% para -0,15%), Porto Alegre (-0,22% para -0,23%) e São Paulo (0,18% para 0,09%).

A próxima apuração do IPC-S, relativa à segunda quadrissemana de março, será divulgada no dia 16, com segmentação regional no dia seguinte.